Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

3 de Janeiro de 2009- A mineração do primeiro bloco de bitcoin

Num dia como hoje, em 3 de Janeiro de 2009 foi minerado por satoshi Nakamoto o primeiro bloco de bitcoin que foi batizado como Genesis.

O que é o Genesis Block?
Genesis Block é o nome do primeiro bloco de Bitcoin extraído. O Genesis Block forma a base de todo o sistema de negociação de Bitcoin e é o protótipo de todos os outros blocos da blockchain. Em 2009, o criador do Bitcoin, Satoshi Nakamoto, criou o Genesis Block, que lançou o processo de negociação de Bitcoin atualmente em vigor. Veja o hash original da transação na Blockchain clicando aqui.

Como o Genesis Block, também conhecido como Block 0, iniciou o processo de negociação de bitcoin, os fãs do Bitcoin mantêm o Genesis Block em uma espécie de reverência de culto, assim como o criador.

Os devotos de Bitcoin doaram pequenas quantidades de bitcoin (BTC) ao Genesis Block como uma homenagem a Satoshi Nakamoto. Isso é visto como um tipo de sacrifício, porque uma vez que uma moeda é movida para o Bloco Gênesis, ela nunca pode ser movida novamente – ela se vai para sempre 🙂

Mistérios do bloco de Gênesis
Começando com o fato de que o nome “Satoshi Nakamoto” é um pseudônimo, o Genesis Block e a criação do Bitcoin permanecem repletos de mistério. Logo após o lançamento do Bitcoin, a pessoa chamada “Satoshi Nakamoto” desapareceu da face da terra, deixando apenas um rastro. Esse evento auspicioso abriu o caminho para o enigma contínuo em torno do que os fãs chamam carinhosamente de “o bloco”.

A mensagem secreta do bloco de Gênesis
Outro aspecto intrigante do Genesis Block é a mensagem secreta que Nakamoto incutiu nos dados do bloco, a mensagem dizia: “The Times 03/Jan/2009 Chancellor on brink of second bailout for banks.”

Embora Nakamoto nunca tenha comentado o significado deste texto, a maioria acredita que ele serve como uma declaração de missão para o próprio Bitcoin. O texto é a manchete de um artigo da edição de 3 de janeiro de 2009 do The [London] Times sobre o fracasso do governo britânico em estimular a economia após a crise financeira de 2007-2008. A maioria das pessoas pensa que a referência de Nakamoto no código do Genesis Block foi uma dica de como o Bitcoin é diferente dos grandes bancos de investimento que precisavam de ajuda do governo em 2008.

O verdadeiro legado do bloco de Gênesis
O Bitcoin não pode ser resgatado porque seu processo elimina o intermediário; não há terceiros nem entidades corporativas entre o BTC e o consumidor. A rede Bitcoin é verificada continuamente através de problemas matemáticos complexos que são resolvidos primeiro pelos computadores e depois pelos mineradores humanos de bitcoin. Não se pode prosseguir com qualquer negociação de bitcoin até que o quebra-cabeça matemático seja validado. Outra segurança é que, como todas as transações são armazenadas para sempre, as ações dos mineradores sempre podem ser rastreadas, o que torna impossível ocultar qualquer evidência de irregularidade.

Em novembro de 2013, os primeiros protegidos de Nakamoto formaram o Instituto Satoshi Nakamoto (SNI) para educar o público sobre a história e a visão da criação do Bitcoin. Entre outros detalhes interessantes, o SNI abriga um dos maiores remanescentes da existência online de Nakamoto: uma extensa lista de postagens de fórum, divididas em categorias de assuntos, que o criador do Bitcoin escreveu enquanto ainda trabalhava no projeto.

Talvez o verdadeiro presente do Genesis Block, no entanto, seja seu legado de responsabilidade, integridade e transparência – qualidades que o setor de serviços financeiros está dolorosamente aprendendo a adquirir.

Escreva o seu comentário