Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Litecoin Sobe 30% Após Falsa Notícia Sobre Parceria com a Walmart

A Litecoin registou um grande aumento na tarde desta segunda-feira graças a uma notícia falsa que dava conta que a Walmart tinha firmado uma parceria com a Litecoin para possibilitar pagamentos em criptomoedas.

A notícia desencadeou uma subida de preços, com a criptomoeda a crescer 30% em uma hora, quebrando uma alta de três meses de 237 dólares.

O suposto comunicado de imprensa foi divulgado por vários canais e agências de notícia de reconhecida idoneidade como a Reuters e a CNBC da Inglaterra e EUA, respectivamente. A par destas grandes plataformas mediáticas, a conta oficial da Litecoin no Twitter também publicou um link atestando a parceria.

Litecoin-Litecoin-walLitecoin-walmart-criptomoedas-criptomoeda-Litecoin-Litecoin-walLitecoin-walmart-criptomoedas-criptomoeda-falsa-noticLitecoin-Litecoin-walLitecoin-walmart-criptomoedas-criptomoeda-falsa-notícia--Twitter--parceria
Anúncio da parceria no Twitter oficial da Litecoin

Por cá, o Bitcoin Angola também publicou uma matéria sobre a parceria entre a Litecoin e a Walmart, a matéria esteve disponível no blogue por 24 minutos e 37 segundos, e foi imediatamente removida após se constatar a falsidade do comunicado de imprensa que citava o CEO da Walmart, Doug McMillon. Pelo que pedimos sinceras desculpas aos nossos leitores que têm este blogue como fonte de informações credíveis e fidedignas.

Vários tweets apagados após se detectar a falsidade da notícia

Tendo se verificado a falsidade da notícia, as plataformas que informaram sobre a parceria tiraram do ar a notícia. A conta oficial da Litecoin no Twitter também removeu o link sobre a falsa parceria.

Na mesma linha, os perfis do Twitter que já haviam partilhado a informação também começaram a remover os links ou publicações, resultando num histórico movimento de remoção de conteúdos do Twitter em menos de uma hora.

Após se verificar a falsidade da notícia, os membros da comunidade Litecoin no Twitter, que antes também apoiaram e divulgaram a falsa parceria, passaram a chamar o acto de “esquema barato de bomba e despejo“, uma menção à práticas que visam divulgar falsas notícias para aumentar o preço de um produto.

Litecoin-Litecoin-walLitecoin-walmart-criptomoedas-criptomoeda-Litecoin-Litecoin-walLitecoin-walmart-criptomoedas-criptomoeda-falsa-noticLitecoin-Litecoin-walLitecoin-walmart-criptomoedas-criptomoeda-falsa-notícia--Twitter--parceria
Gráfico ilustrando a queda da Litecoin. Créditos: CNBC/Coin Metrics

Em consequência, a criptomoeda foi perdeu toda a valorização conseguida com a notícia sobre a parceria, com o preço voltando aos níveis em que se encontrava antes do aumento de 30%.

Durante a redacção deste artigo, a Litecoin havia perdido mais de 60 dólares do seu preço numa correção inferior que levou a criptomoeda perto dos 170 dólares em que esteve a ser negociada antes do anúncio da parceria.


LEIA TAMBÉM


CEO da Visa diz que Criptomoedas Podem se Tornar Extremamente Popular em Cinco Anos

Investidores Estrangeiros em El Salvador Não Pagarão Impostos Sobre Ganhos do Bitcoin

Escreva o seu comentário

%d bloggers like this: