Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Akon Anuncia Investimento de $ 6 Biliões Para a Cidade Digital Akon City no Senegal

O rapper e empresário Senegalês com nacionalidade Americana, Akon, anunciou o investimento de $ 6 para a construção da Akon City com a empresa de engenharia e consultoria KE International. A cidade futurista com background em criptomoedas foi fundada pelo cantor e filantropo Senegalês.

Com a adjudicação do contrato, a KE International garantiu US $ 4 bilhões aos investidores para a primeira e a segunda fases de execução da Akon City, e a Bakri & Associates Development Consultants, com sede em Dubai, liderará os projetos arquitetônicos sob a orientação da KE International.
O Presidente do Senegal, Macky Sall, planeja que a cidade atue como uma zona tributária especial com infraestrutura completa, como estradas, um campus do Hospital Hamptons, Hamptons Mall, residências, hotéis, polícia, escolas, instalações de esgoto e uma usina de energia solar. Os parceiros da Akon incluem o empresário e investidor queniano com sede nos EUA, Julius Mwale, que também trabalhou com a KE International em seu projeto de $ 2 bilhões em Mwale Medical and Technology City (MMTC). Atualmente com 85% de conclusão, o MMTC deve atender mais de 35.000 membros da comunidade, a cidade também inclui supermercado, hospitais, shopping, campo de golfe e é 100% alimentado por energia renovável.
Akon pretende que a Akon City seja certificada pela LEED (Líder em Energia e Design Ambiental), para atrair investimentos estrangeiros a partir de seus incentivos fiscais. A Akon City, localizada a menos de uma hora ao sul do aeroporto internacional de Dakar, também funcionará exclusivamente na AKOIN – a criptomoeda da Akon. A previsão é que a Akon City esteja completa no ano de 2030.
O que você acha do anúncio de investimento da cidade futurista de criptomoedas Akon City? Deixe a sua opinião abaixo nos comentários.

Leia também: A África Está Fortemente Interessada em Criptomoedas

Leia também: O volume de Bitcoin da África atravessa a América Latina e estabelece um recorde!

Leia também: Crypto em África: Desafios e Oportunidades

Escreva o seu comentário