Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Banco Central da Tailândia Promove Tecnologia Blockchain

O Banco Central da Tailândia deliniou na quarta-feira uma nova directriz que deve ser considerada na adopção da tecnologia blockchain. A iniciativa visa inovar e fortalecer o sector financeiro do país.

A regulamentação recentemente apresentada, estabelece os princípios que os provedores de serviços financeiros devem seguir para aderir à tecnologia blockchain. A mesma foi estruturada em 4 partes, a saber:

  1. Aplicativo de negócios Blockchain
  2. Governança Blockchain 
  3. Gestão de risco de TI 
  4. Gestão de risco legal

O artigo foi publicado por Siritida Panomwon Na Ayudhya, Governadora Assistente do Grupo de Política de Sistemas de Pagamentos e Tecnologia Financeira do Banco Central do país.

Blockchain-banco-da-tailândia-criptomoedas-Bitcoin-mercado-adopção-política
Siritida Panomwon Na Ayudhya, Governadora Assistente do Grupo de Política de Sistemas de Pagamentos e Tecnologia Financeira do Banco da Tailândia

De acordo com o relatório, o forte potencial da tecnologia Blockchain fornece maior eficiência, transparência e interoperabilidade entre as indústrias.

Face a isto, o “sector financeiro da Tailândia fez uso da tecnologia Blockchain em muitas actividades financeiras”. Por exemplo:

  • Na verificação de transações,
  • Em Remessas internacionais,
  • Na Carta de garantia electrónica,
  • Em Projectos de desenvolvimento de infra-estrutura financeira.
Blockchain-banco-da-tailândia-criptomoedas-Bitcoin-mercado-adopção-política

Os princípios para a adopção serão supervisionados pelo banco central, com objectivos de “desenvolver a inovação financeira, bem como a estrutura para alavancar os negócios e gestão de risco.

A nova lei também visa garantir a eficiência, segurança do sistema e aumentar a confiança das pessoas na utilização dos serviços financeiros aplicando novas tecnologias como a da blockchain.

O banco está a reconsiderar a sua postura contra as criptomoedas

O Banco Central da Tailândia, recentemente, emitiu um alerta contra a adopção das criptomoedas como meio de pagamento em bens e serviços, alegando que as mesmas além de serem voláteis, facilitam os crime financeiros.

As criptomoedas não têm curso legal no país. O usi das criptomoedas pode expor o usuário a muitos riscos, que vão desde a volatilidade dos preços, roubos cibernéticos e lavagem de dinheiro.

Explicou Siritida Panomwon Na Ayudhya

A recente decisão de criar novas regras relacionadas ao uso da principal tecnologia usada no processo de mineração de criptomoedas sugere que o banco está a refazer a sua opinião.


LEIA TAMBÉM


Vice-presidente do Gana Aconselha Governos Africanos a Explorarem Criptomoedas

Como Criar Sua Própria Criptomoeda | Guia Completo

FMI Alerta Sobre a Adopção Criptomoedas Como Moeda de Curso Legal

Escreva o seu comentário

%d bloggers like this: