Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Banco Central do Quênia Publica Regulamento Que Protege os Consumidores dos Provedores de Créditos Digitais

O Banco Central do Quênia (CBK) publicou oficialmente os regulamentos que visa defender e proteger os consumidores doa provedores de créditos digitais que operam no país. Isto ocorre depois que o banco instou os provedores a obter licença para que estivessem em conformidade com o regulador.

De acordo com o tweet, o que motivou a elaboração deste regulamento são as preocupações levantadas pelo público sobre as acções dos provedores de créditos digitais como: o alto custo, abuso de informações pessoais, práticas antiéticas de cobrança de dívidas.

Sendo assim, o Banco Central do Quênia exige dos provedores o seguinte:

  • Os provedores não usarão linguagem obscena ou profana com o cliente ou os contatos do cliente para envergonhá-los
  • Os provedores não usarão ameaças, violência ou outros meios para prejudicar um cliente ou sua reputação ou propriedade se não liquidarem seus empréstimos.
  • Os provedores estão impedidos de postar informações pessoais ou confidenciais de um cliente on-line ou em qualquer outro fórum ou meio para envergonhá-los.
  • Eles não se envolverão em qualquer outra conduta cuja consequência seja assediar, oprimir ou abusar de qualquer pessoa em conexão com a cobrança de uma dívida.

Em caso de não cumprimento deste regulamento os provedores estarão sujeitos a pagar uma multa no valor não superior a Sh500.000, que é cerca de 1.984,32 kzs.


LEIA TAMBÉM


Quênia: Provedores de Créditos Digitais Devem Solicitar Licenças Até Setembro de 2022, Insta o Banco Central

Revista Time Lança Sua Primeira Edição Completa Como Um NFT

As Atualizações da Algorand Aumentarão a Velocidade e a Privacidade, diz o Fundador

%d bloggers like this: