Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Binance Pretende Criar Sede Física Para Lidar Com reguladores

Visto que o setor cripto preza pela exclusão do maior número possível de intermediários, a ideia da Binance foi ser uma corretora “sem lar fixo”, que atendesse a clientes em todas as partes do mundo. No entanto, agora a maior bolsa de criptomoedas do mundo está pronta para mudar sua antiga narrativa por estar enfrentando turbulências regulatórias e globais. Changpeng Zhao, CEO da Binance admitiu que a bolsa precisa de uma entidade centralizada para satisfazer os reguladores em todo o mundo.

Nesta quinta-feira, 16 de Setembro, em entrevista televisiva ao South China Morning Post, Changpeng Zhao (CZ), CEO e co-fundador na Binance  foi questionado sobre como a corretora esta se preparando para solicitar licenças em regiões que têm regimes mais transparentes.

Em resposta, CZ reconheceu que a ideia da Binance de operar, nos últimos anos, de forma global, descentralizada e sem sede definida não foi muito bem-aceita por reguladores.

Há quatro anos, quando criamos [a Binance], queríamos adotar o modelo descentralizado, pois queríamos ter equipes descentralizadas em todos os lugares. Agora, percebemos que, para reguladores, precisamos ser centralizados.

Respondeu CZ

De acordo com CZ, dizer aos reguladores que eles não têm uma sede poderia facilmente dar uma imagem negativa à Binance.

São perguntas muito simples que os reguladores sempre nos fazem e nossa resposta é meio engraçada. Os reguladores nos perguntam onde está nossa sede e nossa resposta é “bom, não temos sede”. Isso não agrada os reguladores. Eles não sabem como trabalhar conosco. Às vezes, devem até achar que somos desonestos

Argumentou CZ, CEO da Binance

Vale lembrar que nos últimos meses, a Binance foi alvo de alertas regulatórios de diversas jurisdições, incluindo os EUA, o Reino Unido, Hong Kong e países da União Europeia.

A mudança se soma à várias outras anunciadas pela Binance recentemente para driblar a forte pressão regulatória que forçou a empresa a suspender saques na zona do euro e a reforçar o bloqueio a produtos derivativos em países onde a oferta requer uma licença especial.

Será essa uma decisão acertada da maior bolsa de criptoativos do mundo? Deixa sua opinião nos comentários


LEIA TAMBÉM


Cardano Registra Mais de 40 Mil Contratos Inteligentes em Quatro Dias Após Atualização

Vitalik Buterin: Uma das 100 Pessoas Mais Influentes do Mundo do ano de 2021 de Acordo com a revista Time

República Democrática do Laos Legaliza Mineração de Criptomoedas

%d bloggers like this: