Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

BNA Avalia Riscos da Tecnologia Blockchain

O Banco Nacional de Angola está a avaliar os riscos de adesão à tecnologia blockchain, segundo o seu governador, José de Lima Massano.

José Massano, que falava no webinar sobre “Inclusão Financeira e Globalização” promovida pela Santa Catarina Academy, justifica a necessidade de garantir proteção, em primeiro lugar, dos clientes e pesquisas em torno dos benefícios que este novo tipo de câmbio envolve.

“Ainda temos que ver se essa é uma modalidade aceitável. Estamos numa fase inicial ”, disse José Massano, acrescentando que existe uma equipa a estudar este tipo de pagamento com criptomoedas.

Antes de aceitarmos isso no mercado nacional, acrescentou, é preciso fazer estudos para analisar essa nova forma de pagamento, que já opera em vários países.

O governador do BNA defendeu ainda a criação de um ambiente propício à inovação, incluindo regras de protecção dos visitantes e do público em geral.

Em Outubro de 2019, o Banco Nacional de Angola emitiu um Pedido de Informação sobre soluções Blockchain para o sistema financeiro angolano.

Na qualidade de Regulador do sistema bancário, o BNA procurou informações sobre a aplicação da tecnologia Blockchain.

O que você acha do interesse do BNA sobre as criptomoedas? Deixe a sua opinião abaixo nos comentários.

Fonte de apoio ao artigo: Angop

 

Contribua para a exchange da Comunidade: Crowdfunding da Exchange de Criptomoedas da Comunidade – YetubitCrowdfunding da Exchange de Criptomoedas da Comunidade – Yetubit

Leia também: Banco Nacional de Angola Vai Candidatar-se ao Mecanismo de Equivalência da União Europeia

Leia também: BNA Contrata Plataforma de Negociação “FXGO” da Bloomberg Para Compra e Venda de Divisas

Leia também: Dólar Alcança a Taxa de Câmbio Mais Alta Sobre Kwanza de todos os Tempos

Advertisements

Escreva o seu comentário