Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

BNA Contrata Plataforma de Negociação "FXGO" da Bloomberg Para Compra e Venda de Divisas

O Banco Nacional de Angola anunciou no dia 25 de Maio, a contratação da plataforma eletrónica de negociação de moeda estrangeira “FXGO” da Bloomberg.

Segundo a mesma nota, A plataforma FXGO possibilita a negociação em tempo-real entre vendedores e compradores de moeda estrangeira sendo as taxas de câmbio livremente negociadas entre as partes, permitindo que a parte que inicia a compra ou venda de moeda estrangeira possa ter acesso a ofertas de várias contrapartes ao mesmo tempo e escolher a melhor. A plataforma traz assim maior eficiência e transparência ao mercado cambial.
O BNA decidiu que as primeiras entidades a negociar as suas operações através desta plataforma deviam ser os bancos comerciais nas suas operações interbancárias e as empresas do sector de petróleo e gás nas vendas de moeda estrangeira, tendo para o efeito publicado o Instrutivo Nº2/2020, de 30 de Março que define os procedimentos operacionais de negociação através da referida plataforma. Até o momento da criação desse post, já aderiram à FXGO, 23 bancos nacionais e 8 empresas do Sector de Petróleo e Gás com actividade em Angola.
O Banco Nacional de Angola disse também que irá em breve publicar regulamentação que determina que as empresas com actividade no sector diamantífero deverão também negociar as suas operações cambiais através da referida plataforma.
Concluída a adesão das entidades acima referidas à plataforma FXGO, estarão reunidas as condições para o Banco Nacional de Angola deixar de realizar leilões de vendas de moeda estrangeira, intervindo apenas no mercado cambial através da referida plataforma, comprando ou vendendo moeda estrangeira, conforme o caso, para efeitos de reforço ou redução das reservas internacionais ou de correcção da taxa de câmbio.
O Banco Nacional de Angola considera a implementação desta plataforma um passo muito importante no desenvolvimento do mercado cambial de Angola, pois irá aproximar o seu funcionamento ao de outros mercados de referência, com benefícios significativos de eficiência e transparência.
A nota do BNA dá-nos a entender que em princípio serão apenas grandes empresas que terão acesso à plataforma, esperemos que o acesso pelas pessoas individuais fique para o final do ano ou início do próximo, mas com certeza em um avanço para a descentralização das divisas em Angola.
O que você pensa da contratação da plataforma FXGO pelo BNA, deixe a sua opinião abaixo nos comentários.
Artigo de anúncio no site do BNA

Leia também: Banco Nacional de Angola Vai Candidatar-se ao Mecanismo de Equivalência da União Europeia

Leia também: Banco Nacional de Angola busca soluções em Blockchain

Escreva o seu comentário