Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

China Limitará a Mineração de Bitcoin no País

O governo chinês analisou as possibilidades de repremir a mineração e negociação de Bitcoin no país. A nota oficial foi emitida nesta sexta-feira(21), pelo Comité de Estabilidade Financeira e Desenvolvimento do Conselho de Estado.

O objectivo desta reunião foi regular o sistema financeiro do país e discutir o uso de ferramentas de políticas monetárias, prevenir os riscos e promover a economia positivamente.

A informação divulgada mostra que a China está novamente contra as criptomoedas, tal como fez com as instituições financeiras em 2013, de seguida em 2017. A ordem foi reforçada nesta semana. Contudo, a indústria da mineração ainda está intacta.

Medidas que foram consideradas

Comité do Partido Político Comunista da China

O documento publicado pelo governo da China, afirma que as medidas analisadas fazem parte das estratégias do Comité de Estabilidade Financeira e Desenvolvimento da China.

Nesta linha, o comité declarou que vai reprimir o que considera actividades ilegais de valores mobiliário e que vai igualmente punir rigorosamente as actividades financeiras ilegais.

Liu He, membro do Bureau Político do Partido Comunista Chinês (PCC), que presidiu a reunião, disse:

O país pensa em eliminar as actividades ilegais no mercado de valores mobiliários e manter estável o mercados de acções, títulos e câmbio.

Durante a reunião destacou-se também a adopção de uma série de ferramentas de política monetária para conter os riscos financeiros com eficiência.

Uma dessas ferramentas cita a repressão de mineração e da negociação do Bitcoin:

Intensificar o control das actividades financeiras das plataformas, reprimir a mineração de Bitcoin e prevenir resolutamente a transmissão dos riscos individuais para o campo social.

Reações

O CCTV, canal público chinês, alertou no seu site contra os riscos do comércio de criptomoedas.

Bitcoin não é uma opção de investimento para evitar riscos. Ao contrário, é um instrumento especulativo.

A emissora declarou também que a moeda é um activo pouco regulamentado, utilizado no comércio do mercado negro, lavagem de dinheiro, negociações de armas e drogas.

O jornalista chinês Wu Blockchain, mostrou-se preocupado no Twitter e disse:

É a primeira vez que o nível mais alto do governo coloca-se claramente contra a mineração de criptomoedas.

Entretanto, Whale Panda, um dos maiores influenciador de BTC, pareceu optimistas diante desta situação e afirmou no Twitter que se a China realmente proibir a mineração e comércio de Bitcoin, o movimento será mais descentralizado e a falsa ideia de que a China controla o Bitcoin vai desaparecer.


LEIA TAMBÉM


Bitzlato Permite que Comerciantes Africanos Comprem e Vendam Criptomoedas Gratuitamente

Bitcoin Ainda é Um investimento Seguro, Garante Bill Miller

Escreva o seu comentário