Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Detentores de Bitcoin que Compraram Por 11 Milhão de Kz Se Recusam a Vender Nas Maiores Altas

Os investidores de Bitcoin (BTC) que compraram nos máximos históricos de 2017 e acima ainda não venderam, sugerem os dados.

Compradores de Novembro do ano passado por exemplo, continuam firmes no hodl e ignoram vendas tentadoras com ganhos de 2x. No momento da escrita deste artigo o preço do bitcoin estava sendo cotado em $56,954.96, equivalentes a AOA 33 996 472,58.

De acordo com a métrica Hodl Waves, as moedas que se moveram nos últimos 6 a 12 meses agora constituem a maior parte do fornecimento de Bitcoin.

Compradores continuam otimistas

Apesar dos fortes ganhos e correções igualmente registadas em 2021, aqueles que compram pela primeira vez ou aumentaram suas posições em ou após Novembro de 2020 continuam otimistas, se recusando a vender.

A métrica Hodl Waves que também rastreia a distribuição por idade de saídas de transações não gastas, mostra que o fornecimento controlado por aqueles hodlers de 6 a 12 meses aumentou – de 8,7% no início de Junho para 21,4% em 17 de Novembro.

Ao mesmo tempo, as moedas detidas por vários anos diminuíram apenas ligeiramente, destacando que as vendas modestas ocorreram, com exceção do grupo de 6 a 12 meses, a determinação dos investidores permanece firme.

Gráfico de ondas Bitcoin Hodl

Os dados reforçam a teoria de que poucos detentores de bitcoin pretendem vender a preços atuais, mesmo com esses níveis máximos.

Outros números rastreando os detentores mais antigos também indicam que as mãos mais antigas do bitcoin continuarão fechadas.


LEIA TAMBÉM


Dogecoin Representa a Força da Descentralização, Afirma CEO da Binance

Empresa Israelense Começa Venda de NFT Bíblico

%d bloggers like this: