Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Ethereum: Atualização de Londres “EIP-1559” | Guia Completo

O que é a atualização de Londres?

A atualização ao protocolo da ETH também denominado “Hard Fork de Londres” é uma atualização que muda o modelo de taxa de transação do blockchain e a bomba-relógio de dificuldade.

A rede Ethereum estabelecerá taxas de transação com uma taxa básica para cada bloco, em vez de licitar os preços do gás.

Para coincidir com o lançamento planejado do Ethereum 2.0, os desenvolvedores também estão atrasando um evento intencionalmente integrado conhecido como a bomba-relógio da dificuldade.

Isso incentivará os mineiros a mudar da Prova de Trabalho (PoW) para a Prova de Participação (PoS).

O que há de novo na atualização de Londres?

a mudança mais significativa será nas taxas de transação, incluindo um novo mecanismo deflacionário.

Anteriormente, os usuários faziam uma licitação para pagar suas taxas de gás. Os mineiros priorizariam as transações com base na taxa adicionada e a usariam como recompensa por adicioná-la a um bloco.

Agora, cada bloco terá uma taxa fixa associada. Essa mudança vem como resultado do EIP-1559, incluído na atualização de Londres junto com o EIP-3238.

O que são EIP’s?

Propostas de Melhoria da Ethereum (EIP) são especificações técnicas que descrevem novos recursos para o blockchain Ethereum.

Os desenvolvedores criam suas propostas junto com as sugestões da comunidade Ethereum.

Qualquer pessoa pode fazer um EIP e enviá-lo para discussão antes que a comunidade aceite a proposta.

O que é EIP-1559?

EIP-1559 é uma proposta de mudança na forma como os usuários pagam as taxas de gás na rede Ethereum. Este EIP foi criado pelo fundador da Ethereum, Vitalik Buterin, e uma equipe de outros desenvolvedores.

Como é que os Mineradores reagiram?

Há sentimentos contraditórios no que diz respeito à atualização da rede de Londres, principalmente no que diz respeito às taxas de transação.

Embora os mineiros estejam se preparando para o fim da Prova de Trabalho com Ethereum 2.0, esta atualização altera significativamente as taxas que os mineiros recebem.

Essa redução pode potencialmente levar a uma diminuição nos lucros dos mineiros.

Outra preocupação é que a mineração de Ethereum possa se tornar mais centralizada.

Alguns argumentam que apenas as maiores mineradoras com os menores custos de energia serão capazes de operar com lucro.

Como a atualização de Londres afetará os usuários:

Semelhante ao Bitcoin, o mecanismo atual funciona de forma semelhante a um lance.

Quanto mais você paga pelas taxas de transação (ou custos do gás), maior a probabilidade de sua transação ser selecionada rapidamente e validada pelos mineiros.

Mas após a atualização de Londres, você não precisará mais selecionar o preço do gás que paga ao fazer transações Ethereum.

Em vez disso, você simplesmente verá a taxa básica, mais uma opção para dar uma gorjeta ao mineiro.

No entanto, a taxa básica pode mudar entre o momento em que você envia uma transação e quando ela é adicionada a um bloco.

Para evitar isso, você pode definir um limite de taxa como o máximo que deseja pagar.

Se um minerador incluir sua transação em um bloco em que a taxa básica seja menor do que o limite de sua taxa, a rede reembolsará a diferença.

Análise Final

A atualização de Londres será uma das atualizações significativas que vimos sobre como os usuários interagem com o Ethereum.

Muitas atualizações anteriores mudaram muitos sistemas que normalmente não vemos ao usar o Ethereum.

Agora, a probabilidade de uma redução nos preços e tempos de transação é muito mais provável, mas ainda não garantida.

No entanto, a transição PoS do Ethereum 2.0 está planejada para 2022, portanto, a implementação do hard fork de Londres ainda é limitada no tempo e temporária.

LEIA TAMBÉM

Adopção do Bitcoin em El Salvador é Inconstitucional, Declara Partido da Oposição

Irã: Polícia Apreende 7.000 Máquinas de Mineração Ilegal de Bitcoin

%d bloggers like this: