Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Europol Detém 10 Membros de uma Quadrilha Dedicada ao Furto de Criptomoedas

A agência europeia de aplicação da lei, Europol, prendeu 10 pessoas que se acredita serem membros da gangue criminosa que furtou cerca 100 milhões de dólares em criptomoedas. As prisões são o resultado de uma investigação internacional sobre uma série de ataques de exchanges falsas que ocorreram em 2020. De acordo com a Europol, esta gangue criminosa também tinha como alvo vítimas importantes que estão baseadas nos EUA.

A Europol disse num comunicado que oito membros da gangue foram presos em 9 de fevereiro. Os outros dois membros, um de Malta e outro da Bélgica, haviam sido presos antes. Como explica o comunicado, milhares de vítimas, incluindo “influenciadores famosos da Internet, estrelas do desporto, músicos e suas famílias”, foram alvos da gangue.

Enquanto isso, em uma breve explicação de como a rede criminosa operava, a agência de aplicação da lei diz:

A investigação desvendeu como uma rede composta por uma dúzia de criminosos trabalhava em conjunto para acessar os números de telefone das vítimas e assumir o controlo dos seus aplicativos ou contas alterando as senhas. Isso permitiu que roubassem dinheiro fiduciário, criptomoedas e informações pessoais, incluindo contactos sincronizados com contas online.

A investigação da Europol, que é um esforço conjunto envolvendo cinco países, descobriu que os criminosos também estavam “sequestrar contas de redes sociais para postar conteúdo e enviar mensagens”.

Evite ser uma vítima

A Europol também revelou que os crimes das falsas exchanges agora são identificados “como uma tendência-chave no aumento da última avaliação da ameaça do crime organizado na Internet da Europol”.

Consequentemente, lembra a agência, qualquer individuo que tenha um telemóvel pode ser um alvos em potencial desse tipo de crime.

A Europol sugere que os usuários de telemóveis mantenham os seus softwares sempre actualizados e evitem responder responder a e-mails suspeitos ou envolver-se com chamadores desconhecidos que solicitam as suas informações pessoais.

Além disso, os usuários de telemóveis são incentivados a “limitar a quantidade de dados pessoais que compartilham online e a usar a autenticação de dois fatores para os serviços online”.

LEIA TAMBÉM

Amazon Anuncia Projecto Baseado em Criptomoedas e Quer uma Força Tarefa Exclusiva Para Liderá-la

Coreia do Norte Armazena 316 Milhões de Dólares em Criptomoedas Provenientes de Ataques Cibernéticos, Revela Relatório da ONU

Escreva o seu comentário