Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Exchange Sul-africana Lança Nova Forma de Pagamentos

O empresário Farzam Ehsani, CEO da VALR, uma das maiores exchange da África do Sul, anunciou o lançamento do VALR Pay, um método de pagamento rápido e fácil que permite enviar rand para diferentes número de telemóvel ou endereço de e-mail.

Decidimos construir o VALR Pay. É grátis, rápido e fácil porque o custo e a fricção dos pagamentos na África do Sul são muitos altos.

Fisse Farzam Ehsani, CEO da VALR.
Farzam Ehsani, CEO da VALR

O CEO garantiu que o processo de envio de fundos será fácil sem precisar preocupar-se com muitos detalhes. Basta abrir o seu aplicativo VALR, digitar um valor de ZAR, selecionar um contacto da sua agenda e pronto, disse o CEO.

A nova funcionalidade permite que os clientes VALR enviem ZAR (Rand Sul-africano) uns aos outros a custo zero e o envio pode ser realizado mesmo que o destinatário ainda não tenha uma conta na exchange.

Após o envio, o destinatário receberá um e-mail ou sms com um convite para se inscrever gratuitamente no VALR para resgatar os fundos enviados. 

Estratégias da exchange

Para incentivar os usuários a aderirem a nova funcionalidade VALR Pay, a exchange lançou uma campanha de recompensas para cada usuário.

Cada usuário deverá ganhar 20 rand cada vez que pagar rand em alguém que ainda não tem uma conta VALR. Esta estratégia fará com que o número de usuários da VALR aumente

A respeito da promoção, o CEO disse:

Somos conhecidos por ter o melhor programa de recompensas do sector. Temos recompensado os nossos clientes com mais de 50 milhões de rands em dinheiro e criptomoedas desde que lançamos o VALR, há dois anos. 

A VALR usa a inteligência artificial e tecnologia de aprendizado de máquina para validar as identidades dos clientes para que eles possam se inscrever em minutos.

Actualmente, a VALR tem uma base de usuários de mais de 150.000 e agrega mais de 55 criptomoedas listadas, com as taxas mais baixas a nível mundial e uma das maiores exchange da África do Sul.


LEIA TAMBÉM


Empresa Sul-africana Acusada de Fraudar 3,6 Bilhões de Dólares

Portugal dá Início ao Licenciamento de Correctoras de Criptomoedas no País