Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Executivos do Banco JP Morgan dizem que Criptomoedas Podem Ser um Problema Para os E.U.A

Josh Younger, executivo-chefe da estratégia de derivativos de taxas de juros do JPMorgan nos EUA e economista Michael Feroli, ambos funcionários do J.P Morgan,  disseram que “Os EUA são os mais afetados pelo potencial destrutivo das criptomoedas”.
Adicionalmente, ambos executivos disseram que “A economia de hoje gira em torno da hegemonia do dólar americano. ESTA SITUAÇÃO IMPACTA A MAIOR PARTE DOS E.U.A.”
Lembre-se que o J.P Morgan firmou uma parceria com a Coinbase no princípio do mês, e o seu CEO, Jamie Dimon, ainda continua cético em relação às criptomoedas. E embora os analistas não esperassem que o dólar perdesse recentemente seu status de moeda de reserva global, os indicadores dizem que haverá um enfraquecimento da soberania da moeda, incluindo, o que pode afetar vários acordos comerciais e o sistema SWIFT.
O executivos também disseram que as criptomoedas serão um exercício de gerenciamento de riscos geopolíticos.
“A oferta de uma solução de pagamento internacional baseada no dólar digital será um investimento modesto para refletir o poder na economia global, especialmente se ele for projetado para minimizar os danos à estrutura do sistema financeiro local”.
Por outro lado, o presidente dos EUA, Donald Trump, anteriormente tinha uma visão semelhante com uma das candidatas ao conselho do Federal Reserve dos EUA, Judy Shelton.
Shelton disse que um futuro dólar digital ajudaria a “manter a prioridade do dólar em todo o mundo” e acreditava que os EUA “tinham que pensar nisso”.
O que você pensa sobre a hegemonia do dólar nos próximos tempos? Deixe a sua opinião abaixo nos comentários.

Escreva o seu comentário