Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

FMI Admite que Criptomoedas Podem Desestabilizar o Mercado Financeiro Mundial

O Fundo Monetário Internacional (FMI) admitiu que as criptomoedas podem desestabilizar os mercados financeiros globais, isto se o seu uso não for regulamentado.

A nova observação vem expressa num relatório publicado nesta semana, no qual os analistas Tobias AdrianTara Iyer e Mahvash S. Qureshi alertam sobre os riscos que a economia global enfrenta devido à volatilidade das criptomoedas, risco que pode ser transversal ao mercado de acções por conta da sua actual correlação.

A correlação de activos criptográficos com participações tradicionais, como acções, aumentou significativamente, o que limita os seus benefícios percebidos de diversificação de risco e aumenta o risco de contágio nos mercados financeiros

Lê-se no relatório do FMI.
Fmi-Fmi-fundo-monetario-internacionalFmi-fundo-monetario-internacional-Fmi-fundo-monetario-internacional-criptomoedas--bitcoin--accoes-accoes--accoes-mercafos-accoes-mercados

O relatório explica, no entanto, que criptomoedas como Bitcoin e Ethereum “mostraram pouca correlação com os principais índices de acções. Eles foram pensados ​​para ajudar a diversificar o risco e actuar como uma protecção contra oscilações noutras classes de activos.”

O FMI adverte que o aumento da correlação entre os mercados de acções e de criptomoedas aumenta a possibilidade de repercussões do sentimento dos investidores entre os dois mercado, ou seja:

Um declínio acentuado nos preços do Bitcoin pode aumentar a aversão ao risco do investidor e levar a uma queda no investimento nas bolsas de valores.

Refere o relatório.

LEIA TAMBÉM


Fantom Pode Enfrentar Correção Antes de Novas Altas Históricas

Visa e ConsenSys unem-se Para Ajudar Países no Lançamento de CBDC

%d bloggers like this: