Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

FMI Alerta El Salvador Sobre Riscos Relacionados ao Bitcoin em Nova Declaração

El Salvador não deve usar bitcoin como moeda oficial devido aos riscos financeiros e de consumo que representa, escreveu a equipe do Fundo Monetário Internacional (FMI) em uma declaração final relacionada a uma missão no país centro-americano.

Dada a alta volatilidade de preços do Bitcoin, seu uso como moeda legal acarreta riscos significativos para a proteção do consumidor, integridade financeira e estabilidade financeira

afirma a comunicação do FMI de 22 de novembro.

Seu uso também dá origem a passivos contingentes fiscais. Por causa desses riscos, o bitcoin não deve ser usado como moeda legal.

A equipe do FMI diz que, embora se congratule com os esforços de inclusão financeira e crescimento, El Salvador deve abordar os riscos relacionados ao uso do bitcoin como moeda legal, seu “novo ecossistema de pagamentos” e negociação de bitcoin. O país fez uso legal do Bitcoin ao lado do dólar americano no dia 7 de Setembro.

O FMI fez várias recomendações para El Salvador na declaração, incluindo o estreitamento de regulações sobre o bitcoin. Também sugere reforçar a regulamentação e a supervisão de seu sistema de pagamento, a fim de proteger os consumidores, proteger contra lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo (AML/CFT) e gerenciar riscos.

Como para outras carteiras eletrônicas, a Chivo deve ser obrigada a proteger totalmente os fundos dos clientes, tanto em dólares americanos quanto em Bitcoin, segregando e cercando ativos de reserva

diz o comunicado do FMI. Reconheceu que “criptotecnologias” e sistemas digitais podem ajudar a tornar os pagamentos mais eficientes.

Além disso, o FMI recomenda que El Salvador considere fechar o fundo fiduciário de US$ 150 milhões que está usando para facilitar as conversões de Bitcoin para dólares americanos.

Medidas para limitar passivos contingentes fiscais, como encerrar o fundo fiduciário ou retirar subsídios públicos para o Chicago, também devem ser prontamente consideradas

recomenda o FMI. Além disso, diz que os regulamentos bancários do país devem incluir salvaguardas focadas na exposição ao bitcoin.

O presidente de El Salvador, Nayib Bukele, dirigiu a declaração no Twitter logo após sua publicação.

“O FMI acaba de publicar sua avaliação técnica de El Salvador para o ano de 2021”, escreveu Bukele em espanhol.

E embora obviamente não concordemos com algumas coisas, como a adoção do Bitcoin, a análise deles sobre o nosso país é interessante.

Ele então compartilhou uma série de mensagens com passagens destacadas apontando para conclusões mais favoráveis da declaração.

O FMI e El Salvador estão envolvidos em negociações sobre um contrato de empréstimo de US$ 1,3 bilhão, informou Bloomberg. Essas declarações finais incluem as conclusões preliminares da equipe após completar uma missão oficial a um país.

O FMI não avaliou o recente anúncio do presidente Bukele de que El Salvador emitiria os chamados títulos bitcoin, como foi anunciado após o término da missão.


LEIA TAMBÉM


El Salvador Pretende Construir a Cidade Bitcoin

FMI quer Trabalhar com a Nigéria Para Melhorar o eNaira

%d bloggers like this: