Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Governo Chinês Ordena Corte de Energia às Mineradoras de Bitcoin em Sichuan

O Departamento de Energia de Sichuan e a Comissão de Desenvolvimento e Reforma de Sichuan enviaram um documento conjunto às empresas estatais de produção e distribuição de energia que determina a paralisação do fornecimento de energia às fazendas de mineração de Bitcoin na região.

As notícias sobre a ordem de paralisação foram divulgadas nesta sexta-feira, 18 de junho, após uma reunião entre o Departamento de Ciência e Tecnologia do país e o Departamento de Energia de Sichuan.

Criptomoedas-mercado-bitcoin-mineração-china-chinês-governo-sichuam-energia-paralisação

De acordo com o documento, as empresas de energia têm até hoje, 20 de junho, para cortar o fornecimento de energia naquela que é tida como uma das principais zonas de mineração de Bitcoin do mundo, dada a sua quantidade de barragens hidroelétricas.

De acordo com a ordem de paralisação, 26 “piscinas” de mineração na província de Sichuan serão directamente afectadas.

Após o anúncio da ordem, as taxas de hash de algumas piscinas de mineração na China reduziram até 37%.

Hasrate em queda livre

Segundo Molly, a chefe de marketing da empresa chinesa de blockchain Hashkey Hub, que alertou atempadamente sobre a situação, a taxa de hash já caiu significativamente desde o anúncio da paralisação.

De acordo com a responsável da área de Marketing da Hashkey Hub, os hashrates das piscinas de mineração estão em queda livre. A velocidade de mineração na fazenda AntPool, por exemplo, reduziu 27,53%, a velocidade da BTC.com reduziu 18,34% e a Huobi.pool reduziu 36,79%.

China intensifica campanha contra as criptomoedas

Criptomoedas-mercado-bitcoin-mineração-china-chinês-governo-sichuam-energia-paralisação

A China vem intensificando o seu combate contra as criptomoedas. Recentemente, a nova posição o governo chinês sobre os activos digitais teve um impacto directo no preço global das criptomoedas, com o Bitcoin a cair para os 30 mil dólares em maio último.

No entanto, para os analistas do mercado, a atitude do governo chinês tem uma razão de ser: abrir caminho para a criptomoeda chinesa do banco central, o yuan digital, que poderá ser lançada ainda neste ano.

Criptomoedas-mercado-bitcoin-mineração-china-chinês-governo-sichuam-energia-paralisação

A China está actualmente nas fases finais de testes da sua criptomoeda do banco central e, até sexta-feira última, a criptomoeda já podia ser convertida em moeda fiduciária nos mais de 3 mil caixas electrónicos na capital chinesa, Pequim.

As mudanças anunciadas nesta sexta-feira para a indústria de mineração de Bitcoin na China poderão alterar radicalmente a indústria como a conhecemos, isso considerando a grande influência da China na mineração e no preço do Bitcoin.


LEIA TAMBÉM


Conheça a SushiSwap: O Que é e Como Funciona?

Governo do Paraguai Pretende Analisar Planos Sobre a Legislação do Bitcoin em Julho