Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Guia Completo do Bitcoin Cash | Bitcoin Angola

Bitcoin Cash (BCH) é uma nova criptomoeda criada a partir de um hard fork (separação de membros da comunidade) de Bitcoin. Sua existência tem sido calorosamente debatida desde sua criação, com pessoas apaixonadas em ambos os lados do debate fazendo argumentos convincentes sobre o assunto.

Muita animosidade permanece entre as comunidades de Bitcoin e Bitcoin Cash até hoje. Considerando tudo, não parece provável que haja uma mudança no sentimento em breve. Este artigo, no entanto, não pretende dizer quem está certo e quem está errado. Em vez disso, o objetivo é fornecer informações objetivas, bem como apresentar alguns dos argumentos convincentes feitos a favor e contra o Bitcoin Cash.

Quando terminar de ler, esperamos que você consiga enxergar além da política para formar suas próprias opiniões sobre essa controversa criptomoeda. Se você ama, odeia ou se torna neutro, não é importante. O objetivo é entender por que ele foi criado, por que ele tem um apoio tão feroz, e, em última análise, se deve ou não ser incluir em sua carteira de investimentos pessoais.

A História do Bitcoin Cash

                                        

O lugar óbvio para começar a entender o Bitcoin Cash é, claro, com o Bitcoin. Afinal, as duas moedas compartilhavam o mesmo blockchain até a data do fork em Agosto de 2017.

Se você ainda não se sente confiante em sua compreensão do Bitcoin, primeiro leia “O que é Bitcoin e como funciona a Criptomoeda?“, e depois continue a leitura deste artigo.

O grande debate em escala
A história do Bitcoin Cash começa com o início do debate em escala. Ou seja, o debate sobre como aumentar de maneira mais eficaz a capacidade do Bitcoin de processar transações de maneira barata e rápida.

No centro do debate de escalonamento está o tamanho do bloco blockchain. Cada bloco no blockchain Bitcoin é limitado em tamanho a 1 MB – um limite estabelecido arbitrariamente por Satoshi Nakamoto em 2010. Isso permite uma taxa de transferência de menos de 4 transações por segundo em média.

O limite de tamanho de bloco tem alguns benefícios significativos:

Impedir ataques do DOS (negação de serviço): transações com Bitcoin costumavam ser ridiculamente baratas. Como resultado, foi possível que alguém sobrecarregasse a rede Bitcoin com milhares de pequenas transações de spam que a rede não conseguia acompanhar, de modo que transações legítimas também não pudessem ser processadas.

Garantir velocidade de propagação de bloco adequada através da rede distribuída: Quando um novo bloco é extraído, ele deve ser baixado rapidamente pelos outros mineiros para que eles possam começar a minerar o próximo bloco sobre ele. Quanto maiores os blocos, maior a capacidade da Internet é necessária para que a rede de mineradores permaneça em sincronia.

Limite do tamanho total do blockchain: O blockchain inteiro deve ser armazenado por todo nó completo na rede. Quanto menores os blocos, mais fácil é para as pessoas armazenarem todo o blockchain para poder minerar.

Por outro lado, blocos de 1 MB também têm uma desvantagem muito significativa. Quando ocorrem mais transações do que a capacidade de processamento da rede, as taxas aumentam e o memepool de transações não confirmadas aumenta.

Na corrida de 2017, o cenário negativo acima se tornou realidade. Como resultado, o Bitcoin teve taxas de transação médias mais altas e tempos de confirmação mais longos do que sua transferência  típica, essencialmente tornando-o inútil como moeda para a maioria dos usuários e comerciantes.

O Hard Fork
Como ficou cada vez mais aparente que os blocos de 1 MB não suportariam o volume de transações do Bitcoin por muito mais tempo, os defensores do escalonamento on-chain escolheram desenvolver um protocolo que aumentasse o tamanho do bloco para 8 MB.

Depois que uma votação foi passada para garantir a ativação do Segregate Witness (SegWit), esses apoiadores de escalonamento na cadeia tomaram a decisão de realizar o primeiro fork do Bitcoin.

O Bitcoin Cash foi criado em 1º de agosto de 2017 após 478558 blocos.

(Nota: SegWit é uma mudança no protocolo Bitcoin que resulta em transações sendo ~ 41% menores que as transações pré-SegWit, efetivamente permitindo que mais transações sejam processadas por byte de dados no blockchain.)

Com 8x blocos maiores, o Bitcoin Cash tem 8x a taxa de transferência de transações do Bitcoin. Como resultado, as taxas e o tempo de transação do Bitcoin Cash se assemelham aos da Bitcoin em seus primeiros anos.

É importante ressaltar que o Bitcoin Cash manteve o mesmo algoritmo de prova de trabalho do Bitcoin. Isso significa que os mineiros têm a capacidade de alternar facilmente entre a mineração ou blockchain. Seguindo o Hard Fork, muitos mineradores optariam por minerar qualquer que fosse a cadeia mais rentável no tempo determinado, resultando em taxas de hash muito inconsistentes para ambas as moedas.

Argumentos contra o Bitcoin Cash
Se mergulharmos profundamente na política, seria possível escrever um pequeno livro apenas sobre a história do Bitcoin Cash. Antes de abordar isso, é melhor entender de onde as pessoas de ambos os lados do argumento estão vindo. Vamos começar com aqueles que são contra o Bitcoin Cash.

A principal crítica que você provavelmente ouvirá sobre o Bitcoin Cash é que ele é mais centralizado do que o Bitcoin. Existem algumas razões pelas quais as pessoas fazem essa afirmação. A primeira é que o tamanho do bloco de 8 MB aumenta o limite do hardware necessário para minerar o Bitcoin Cash, resultando em apenas alguns mineiros tendo a maioria do hashpower (Poder de mineração).

Argumentos em apoio ao Bitcoin Cash
Há um grande argumento a favor do Bitcoin Cash que é crítico entender. Esse argumento é que o Bitcoin deve ser uma moeda em primeiro lugar, não apenas uma reserva de valor.

Com as altas taxas e velocidades baixas de processamento de transações do Bitcoin durante sua alta de 2017, os comerciantes tinham poucos motivos para fazer transações na moeda. E, de fato, muitos comerciantes que costumavam aceitar o Bitcoin pararam de fazê-lo em 2017.

Aqueles que apoiaram a manutenção de blocos pequenos priorizaram a Bitcoin como uma loja de valor descentralizada, sendo amplamente utilizada como meio de troca.

Os defensores sinceros do Bitcoin Cash – mais notavelmente Roger Ver, Gavin Andersen, Craig Wright e Jihan Wu – acreditam que o bitcoin é mais do que ouro digital. Eles antecipam que a utilidade do Bitcoin Cash como moeda ajudará a conseguir uma adoção muito mais significativa entre os comerciantes e consumidores, promovendo, no final, uma maior descentralização no processo.

Visão de Satoshi Nakamoto
Outra parte do debate sobre o tamanho dos blocos é imaginar como Satoshi Nakamoto pretendia que o Bitcoin aumentasse de tamanho quando atingisse níveis mais altos de adoção. Os defensores do Bitcoin Cash alegam que Satoshi sempre pretendeu aumentar o tamanho do bloco, e eles têm algumas comunicações anteriores do criador do Bitcoin que apóiam essa afirmação.

Ao discutir o tamanho do bloco com os primeiros detentores de bitcoin que expressaram preocupações sobre o limite de blocos, Satoshi é citado dizendo:

“Podemos fazer uma mudança mais tarde, se chegarmos mais perto de precisar dela.
Pode ser implementado como:
if if (blocknumber > 115000)
maxblocksize = largerlimit 

Ele pode começar a estar nas versões mais à frente, então quando chegar a esse número de bloco e entrar em vigor, as versões mais antigas que não o tiverem já estarão obsoletas.
Quando estamos perto do número de blocos, posso colocar um alerta em versões antigas para garantir que eles saibam que precisam fazer upgrade”.

Não há muita necessidade de interpretar a visão de Satoshi para escalar a partir dessas mensagens. Ele claramente não esperava que o limite de tamanho de bloco de 1 MB fosse uma característica permanente, nem previu que mudar o tamanho do bloco fosse um debate politicamente tão carregado.

Bitcoin vs. Bitcoin Cash: similaridades e diferenças
O gráfico abaixo resume algumas das principais semelhanças e diferenças entre o Bitcoin e o Bitcoin Cash:



















Como comprar e guardar Bitcoin Cash
As carteiras da Coinbase também suportam Bitcoin Cash, se você ainda não possui uma carteira, leia o nosso Guia Completo de como criar uma carteira da Coinbase, e crie a sua carteira de Bitcoin Cash.

Informações sobre carteiras estão prontamente disponíveis em bitcoincash.org. As duas carteiras de hardware mais populares, Ledger e Trezor, suportam o Bitcoin Cash. Há também mais de uma dúzia de carteiras de software que você pode usar para armazenar BCH.

Conclusão
O Bitcoin Cash atingiu o seu pico em Dezembro de 2017, ao chegar aos 4091,70 UDS por 1 Bitcoin Cash. Houve uma grande desvalorização em 2018, e no momento em que escrevo este artigo 1 Bitcoin Cash vale 111,85 USD, lembrado que as moedas são sempre voláteis.

No final das contas, a grande maioria de nós não é um comerciante on-line e não usamos criptomoedas com frequência em transações do quotidiano (ainda). Em vez disso, especulamos principalmente sobre o valor futuro de várias moedas e tokens. A questão, então, é se há ou não razão para especular que o Bitcoin Cash se tornará mais valioso no futuro.

Se você entende bem as criptomoedas e tem fortes convicções sobre qual lado do debate de escalabilidade tem mais mérito, faz sentido investir mais pesadamente em qualquer moeda que você acredite ser superior entre o Bitcoin e o Bitcoin Cash.

Ao contrário, se sua meta principal como investidor é otimizar seu risco para recompensar a taxa, é mais racional ter uma certa quantia de cada uma delas e garantir que você lucra se uma dessas moedas alcançar a adoção em massa.

E você, qual sua opinião sobre o Bitcoin Cash? Deixe sua opinião nos comentários.

Escreva o seu comentário