Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Guia Completo do Top 10 das Principais Moedas Digitais

Há muitas criptomoedas lá fora, com as novas saindo quase diariamente e as antigas desaparecendo aparentemente tão rápido quanto apareciam. É fácil ficar sobrecarregado.

Se você é novo em criptomoedas, este é um excelente ponto de partida para aprender sobre cada uma das 10 principais criptomoedas (por limite de mercado). Mesmo se você for um veterano de criptomoedas, esse é um ótimo recurso para fazer referência a evolução das moedas digitais, ou se quiser ler mais sobre uma nova moeda que se juntou às classificações.

Nossa esperança é apontar você na direção certa, estimular seu interesse em fazer mais pesquisas e afastá-lo dos possíveis golpes por aí (e sim, há moedas que “potencialmente” estão no top 10!)

Note que esta lista está em constante mudança e eu farei o meu melhor para mantê-lo atualizado. Consulte o coinmarketcap.com para obter as informações mais recentes sobre as 10 principais criptomoedas e seus preços por capitalização de mercado.

Vamos começar!

1- Bitcoin (BTC)

O rei do mundo das criptomoedas, Bitcoin é agora um nome familiar; para muitos, é sinônimo de “criptomoeda”. Sua finalidade é fornecer uma versão eletrônica de dinheiro para permitir o envio de pagamentos on-line sem a necessidade de um terceiro (como o Mastercard).
O rápido aumento do preço do Bitcoin provocou uma explosão de novos investidores no Bitcoin. Com o enorme aumento de interesse, surgiu um aumento de comerciantes aceitando o Bitcoin como uma forma legítima de pagamento. Bitcoin está se movendo rapidamente em direção ao seu objetivo de se tornar uma moeda aceita em todo o mundo.
O desenvolvimento do Bitcoin é liderado pelo desenvolvedor do Bitcoin Core, Wladimir J. van der Laan, que assumiu o cargo em 8 de abril de 2014. As mudanças do Bitcoin são decididas democraticamente pela comunidade.
Para uma análise detalhada do Bitcoin, incluindo uma explicação sobre a mineração Bitcoin, a história do Bitcoin, uma análise do valor dos Bitcoins e uma descrição de como o bitcoin realmente funciona, consulte nosso guia “O que é bitcoin e como funciona a criptomoeda” para saber mais sobre o rei das criptos.
2- Ripple (XRP)
A Ripple visa melhorar a velocidade das transações financeiras, especificamente transações bancárias internacionais.
Qualquer um que já tenha enviado dinheiro internacionalmente sabe que atualmente leva de 2 a 5 dias úteis para uma transação ser liberada. É mais rápido sacar dinheiro, pegar um avião e levá-lo ao seu destino do que enviá-lo eletronicamente! Sem mencionar que você estará pagando taxas de transação exorbitantes – geralmente algo em torno de 6%, mas isso pode variar dependendo da instituição financeira.
O objetivo da Ripple é tornar essas transações rápidas (leva apenas cerca de 4 segundos para que uma transação seja processada) e é barato :).
A equipa do Ripple atualmente tem mais de 150 pessoas, tornando-a uma das maiores do mundo em criptomoedas. Eles são liderados pelo CEO Brad Garlinghouse, que tem um currículo impressionante, que inclui altos cargos em outras organizações, como Yahoo e Hightail.
3- Ethereum (ETH)
Ethereum é a plataforma revolucionária que trouxe o conceito de “contratos inteligentes” para o blockchain. Lançado pela primeira vez para o mundo em julho de 2015 pelo então Vitalik Buterin de 21 anos, Ethereum subiu rapidamente da obscuridade para o status de celebridade como criptomoeda.
Buterin tem uma equipe completa de desenvolvedores trabalhando por trás dele para desenvolver ainda mais a plataforma Ethereum. 
4- EOS (EOS)
               

                                                             

Aclamada como uma potencial “Ethereum Killer”, a EOS propõe melhorias que podem desafiar a Ethereum como a plataforma de contrato inteligente dominante. Um problema principal que a EOS procura melhorar são os problemas de escalabilidade que assolam a rede da Ethereum durante períodos de alto volume de transações, especificamente durante os ICOs populares.
Uma diferença talvez mais profunda que o EOS tem, em comparação com o Ethereum, é a maneira como você usa a rede EOS. Com a Ethereum, toda vez que você fizer modificações ou interagir com a rede, você precisará pagar uma taxa. Com o EOS, o criador do DAPP (aplicativo descentralizado) pode pagar a conta, enquanto o usuário não paga nada. E se você pensar sobre isso, isso faz sentido. Você gostaria de ter que pagar toda vez que postar algo nas redes sociais? Não, acredito que não!
5- Tether (UDST)
                                                       
Tether é um token de criptomoeda emitido no blockchain Bitcoin. De acordo com a equipe do Tether, cada USDT é garantido por um dólar americano. O objetivo é facilitar as transações com uma taxa fixa para o dólar.
Entre outras coisas, a Tether procura corrigir algumas das questões legais que podem surgir ao negociar criptomoedas e visa proteger as pessoas da volatilidade do mercado.
Tether tem enfrentado um escrutínio constante ao longo dos anos, em particular no que diz respeito a saber se a sua moeda é realmente apoiada pelo USD. Uma discussão completa sobre esse assunto pode ser encontrada em: “59% dos investidores pesquisados não acreditam que a ligação seja totalmente garantida por USD”, o artigo está escrito em Inglês.
6- Bitcoin Cash
O Bitcoin Cash foi criado em 1º de agosto de 2017 após um “fork rígido” do blockchain Bitcoin. Durante anos, um debate tem sido travado na comunidade Bitcoin sobre se deve aumentar o tamanho do bloco na esperança de aliviar um pouco do “gargalo” da rede que tem atormentado o Bitcoin devido a sua crescente popularidade.
Como não foi possível chegar a um acordo, o blockchain original do Bitcoin foi bifurcado, deixando a cadeia do Bitcoin intocada e, com efeito, criando um novo blockchain que permitiria aos desenvolvedores modificar alguns dos recursos programados originais do Bitcoin.
7- Litecoin (LTC)
         

                                                          

Semelhante ao Bitcoin, o Litecoin é uma plataforma de transação peer-to-peer (P2P) projetada para ser usada como moeda digital. Devido a algumas melhorias técnicas notáveis, a Litecoin é capaz de lidar com mais transações a custos mais baixos. O Litecoin foi projetado para processar as pequenas transações que fazemos diariamente.
O Litecoin é algumas vezes chamado de “prata digital”, enquanto o Bitcoin é conhecido como “ouro digital”. Isso ocorre porque tradicionalmente a prata era usada para pequenas transações diárias, enquanto o ouro era usado como reserva de riqueza e não era usado na vida cotidiana.
8- TRON (TRX)
                                                           
Como afirmado no Livro oficial da TRON, “o TRON é uma tentativa de curar a internet”. Os fundadores da TRON acreditam que a internet se desviou de sua intenção original de permitir que as pessoas criem livremente conteúdo e postem como bem entenderem; em vez disso, a internet foi tomada por grandes corporações como Amazon, Google, Alibaba e outras.
A TRON está tentando retirar a internet dessas empresas construindo um sistema de entretenimento de conteúdo gratuito. Isso permitirá que os usuários armazenem, publiquem e possuam dados livremente, dando a eles o poder de decidir onde e como compartilhar.
O projeto é liderado pelo fundador Justin Sun, que está listado na lista 30 abaixo da 30 da Forbes duas vezes (em 2015 e 2017). Além disso, Sun é um protegido de Jack Ma, fundador do Alibaba Group, ex-representante da Ripple na China e fundador da Peiwo APP.
A Sun montou uma equipe forte com pesos pesados, incluindo Binshen Tang (fundador do Clash of King), Wei Dai (fundador da ofo, o maior fornecedor compartilhado de bicicletas na China) e Chaoyong Wang (fundador do ChinaEquity Group). A Sun também garantiu o apoio de alguns investidores “anjos” notáveis, como Xue Manzi.
9- Stellar Lumens (XLM)
                                                       
Resumidamente, a Stellar Lumens procura usar blockchain para fazer pagamentos internacionais muito rápidos com pequenas taxas. A rede pode lidar com milhares de transações por segundo, com apenas um tempo de confirmação de 3 a 5 segundos.
Como você deve saber, o Bitcoin às vezes pode demorar de 10 a 15 minutos para uma transação ser confirmada, só pode fazer algumas transações por segundo e, por sua vez, tem taxas de transação muito altas.
Se isso parece muito com o Ripple, você está certo! O Stellar Lumens foi baseado no protocolo Ripple e está tentando fazer coisas semelhantes. Alguns dos principais usos do Stellar Lumens serão para fazer pequenos pagamentos diários (micropagamentos), enviar dinheiro internacionalmente e pagamentos móveis.
10- Bitcoin SV
                                                             Resultado de imagem para bitcoin sv
Bitcoin SV é o resultado do recente fork do Bitcoin Cash que viu um rollout de upgrade forçado na blockchain do Bitcoin Cash. Como resultado deste fork, uma parte da cadeia teve que tomar uma nova direção, esta nova direção é agora conhecida como Bitcoin SV.
Conclusão
Nos próximos dias farei posts a explicar o histórico de cada moeda digital que está na lista, mas lembre-se que esse top muda com bastante frequência, por isso aconselho visitares sempre o site coinmarketcap.com para informações mais atualizadas.
E o que você achou deste top 10? Deixe sua opinião nos comentários.
Fontes de apoio da postagem: 

Escreva o seu comentário