Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Indonésia proíbe o uso de criptomoedas para pagamentos

O Banco Central da Indonésia proibiu as instituições financeiras de aceitarem as criptomoedas como meio de pagamento.

A informação foi divulgada pelo governador do banco central da Indonésia, Perry Warjiyo, no decorrer de um seminário virtual realizado na terça-feira.

O governador alertou todos os provedores de serviços financeiros para pararem de aceitar que os seus clientes efetuem pagamentos com criptomoedas.

Conforme noticiado pelo Cryptopotato, Perry Warjiyo afirmou que o país não aceitará as criptomoedas como uma alternativa de pagamento.

Indonésia-banco-central-governador-criptomoedas-país-autoridades-força-tarefa-criptomoeda
Perry Warjiyo, governador do Banco Central da Indonésia

As autoridades da Indonésia não pretendem no momento ter algum envolvimento com os activos digitais. A proibição do uso de criptomoedas para fazer pagamentos não é um conceito inteiramente novo, pois no pais já existem leis que abordam sobre o assunto.

A respeito da legitimação das criptomoedas no país o governador disse:

Criptomoeda não é um instrumento de pagamento legítimo de acordo com a Constituição, a Lei do Banco da Indonésia e a Lei da Moeda.

O Banco Central da Indonésia vai designar supervisores de campo para verificar se as restrições estão a ser cumpridas pelas instituições financeiras, explicou o governador.

A proibição de criptomoedas na Indonésia

O combate à criptomoedas não é recente na Indonésia e acredita-se que a sua natureza especulativa das criptomoedas seja o principal motivo para esta postura.

O país está a trabalhar actualmente em uma ampla estrutura sobre criptomoedas, sob a crença de que este mercado contribui para o desenvolvimento de plataformas ilegais.

Indonésia-banco-central-governador-criptomoedas-país-autoridades-força-tarefa-criptomoeda
Tongam Lumban Tobing, Chefe da firca-tarefa da Indonésia

Em abril o chefe da força-tarefa do país Tongam Lumban Tobing, liderou uma operação, a fim de reprimir todas as actividades ilegais.

O governo indonésio bloqueiou um conjunto de actividades e empresas que não correspondiam com os parâmetros legais do país. Claramente as apreensões foram em: 

  • 26 empresas de investimento  plataformas de empréstimos,
  • 3 Investimento em criptomoeda sem permissão,
  • 1 Operadora de sistema de pagamento não licenciada,
  • 2 Provedoras de financiamento não licenciado
  • 9 outras actividades.

LEIA TAMBÉM


Ministros de El Salvador Discutem Pagamentos dos Salários em Bitcoin

Coinbase Pro Lista Shiba Inu