Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Julgamento dos Ex-executivos da BitMEX Está Marcado Para Março de 2022

Os ex-executivos da BitMEX, CEO Arthur Hayes, cofundador Benjamin Delo e Chefe da tecnologia Samuel Reed, serão julgados a partir 28 de março de 2022, anunciou o Law360 nesta terça-feira passada.

O julgamento será presidido pelo juiz John Koeltl, sob acusação de violação das Lei de Sigilo Bancário.

Os ex-membros respondem também por operar na Exchange BitMEX, com sede em Seychelles, sem seguir as diretrizes estabelecidas pelo distrito de anti-lavagem de dinheiro dos EUA.

Entretanto, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos, não foi o único acusá-los. Em Outubro de 2020, a Commodity Futures Trading Commission (CFTC), acusou-lhes de operar ilegalmente nos E.U.A.

Para a CFTC, a BitMEX não apenas falhou em seguir as regras que servem para proteger os participantes do mercado dos EUA e os mercados de derivados. Mas também em implementar as leis exigidas pelo CEA (Commodity Exchange Act).

A Bitmex

Bitmex-julgamento-criptomoedas-Bitcoin-eua-justiça-reguladores-crime-crimes
plataforma de negociação mais avançada do Bitcoin

A Bitmex é vista como a gigante em cripto-derivados. No entanto, esta não é a primeira vez que a empresa é intimada pela lei.

Em março de 2020, o Financial Conduta Autoridade (FCA) do Reino Unido, sensurou a BitMEX por operar sem autorização no país. 

Com o surgimento das ações judiciais movidas contra seus executivos, a empresa teve que reestruturar o seu corpo directivo e, implementar um Programa de Identificação de Cliente avançado.

Além disso, juntou-se a Chainalysis, um provedor de criptografia analítica, para melhorar seus rastreos, investigação e prevenção de todas as formas de transações suspeitas ou criminosas.

Consequências

O facto da BitMEX operar sem autorização dos reguladores dos paises em que sua plataforma se encontra, deixa os comerciantes sem proteção. 

As acusações levaram os três ex-executivos ao desemprego, com a possibilidade de obterem uma pena de prisão de 5 anos e uma multa de 250.000 dolares.

Por fim, todos os registos judiciais comprometem a credibilidade da plataforma e consequentemente a sua adesão.


LEIA TAMBÉM


$ 400 Milhões em Bitcoin Foram Retirados da BitMex

eBay Disponibiliza Oficialmente Vendas de NFTS na sua plataforma.