Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Lender BlockFi Interromperá Expansão da Base de Usuários em Nova Jersey

O Procurador-Geral de Nova Jersey, Andrew J. Bruck, proibiu nesta segunda-feira, 19 de Julho, a Lender BlockFi de fornecer os seus serviços a novos clientes de Nova Jersey.

De acordo com a publicação feita pelo CEO da empresa de criptomoedas, Zac Prince, no seu Twitter, o Procurador-Geral de Nova Jersey acusou a empresa de violar as leis de valores mobiliários e ordenou que ela parasse de adicionar novos clientes.

A publicação feita pelo CEO da Lender BlockFi, dizia:

O pedido exige que a BlockFi pare de aceitar novos clientes residentes em Nova Jersey a partir de 22 de Julho de 2021, mas os clientes existentes poderão usufruir dos benefícios dos serviços prestados pela empresa.

Lender-blockfi-criptomoedas-noba-jersey-procurador-geral
Zac Prince, CEO da Lender BlockFi.

A Lender BlockFi é uma exchange bem conhecida na indústria das criptomoedas, oferecendo aos seus clientes um rendimento de até 8%.

No comunicado oficial passado à empresa, o Procurador-Geral de Nova Jersey disse que as exchange precisam cumprir as leis de valores mobiliários.

Andrew J. Bruck, Procurador-Geral de Nova Jersey, disse:

O principal objetivo é dar uma olhada em todo o funcionamento da empresa e descobrir se toda a operação da empresa viola as leis de valores mobiliários do país, fazemos tudo isso para proteger os investidores.


LEIA TAMBÉM


Vice-Governador do Banco da Inglaterra Expõe seu Ponto de Vista Sobre as Criptomoedas

BPC Sofre Ataque Cibernético

Escreva o seu comentário