Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Mentor da Piramide Financeira de 147 milhões de Dólares Condenado a 10 Anos de Prisão

Steve Chen, mentor do que o Departamento de Justiça dos EUA (DoJ) chama de golpe de “proporções épicas”, foi condenado a 10 anos de prisão. A fraude de criptomoedas arrecadou mais de 147 milhões de dólares, enganando 72.000 investidores.

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos (DOJ) anunciou nesta semana que Steve Chen foi condenado a 10 anos de prisão federal pelo seu “papel de liderança” num importante esquema de criptomoedas. O juiz John Walter chamou o esquema de Chen de um golpe de “proporções épicas”.

O DOJ explicou que o homem de 63 anos conduziu “um grande golpe de investimento no qual uma empresa multinacional emitiu uma moeda digital falsa, supostamente apoiada por bilhões de dólares em âmbar e outras pedras preciosas”. Chen confessou a culpa pelas acusações que pesavam sobre si em junho do ano passado, acusações de conspiração para cometer fraude eletrônica e de evasão fiscal.

Chen era o proprietário e CEO da US Fine Investment Arts Inc. (USFIA) e de seis outras empresas. O DOJ explicou que Chen promoveu e solicitou investimentos de forma fraudulenta de julho de 2013 até setembro de 2015. Ele convenceu os investidores de que a USFIA era uma empresa de marketing multinível de sucesso que extraía âmbar e outras pedras preciosas das minas que “possuía” nos EUA e na República Dominicana, Argentina e México. Mas, na realidade, as minas não existiam.

No final das contas, ele obteve aproximadamente 147 milhões de dólares de 72.000 vítimas, em um dos maiores esquemas de pirâmide já processados neste distrito.

DOJ – EUA

Os investidores foram induzidos a comprar “pacotes” da USFIA supostamente compostos de âmbar e outras pedras preciosas, bem como “pontas” da USFIA. Foi lhes dito que esses pontos poderiam ser convertidos em ações da USFIA quando a empresa fizesse a sua IPO, o que nunca aconteceu.

Os investimentos variam de 1.000 a 30.000 dólares cada. A USFIA também “ofereceu outros bônus, incluindo dinheiro, viagens, carros de luxo, casas na área de Los Angeles e vistos EB-5 para investidores imigrantes, para investidores que recrutassem outras pessoas para comprar esses ‘pacotes’, exclareceu o DOJ.


LEIA TAMBÉM


Jack Dorsey CEO do Twitter Elogia Bitcoin, e Justifica que Banir Donald Trump Foi a Coisa Certa

O Paquistão Está a Usar Fundos do Governo para Minerar Bitcoin

Escreva o seu comentário

%d bloggers like this: