Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Nigéria: Banco Central Encerra Três Contas Ligadas à Criptomoedas

O banco central da Nigéria encerrou três contas bancarias por estas, alegadamente, estarem relacionadas com criptomoedas. A ligação das mesmas com os activos digitais desrespeita o aviso emitido pelo banco no começo deste ano.

O CBN (banco central da Nigéria) em fevereiro emitiu uma circular que advertia os bancos e as demais instituições financeiras que não poderiam estar envolvidos com criptomoedas e que qualquer ligação deveria ser rapidamente denunciada.

“identificar pessoas e entidades que transacionam ou operam trocas de criptomoedas em seus sistemas e garantir que tais contas sejam fechadas imediatamente.” 

Lê-se na circular emitida em fevereiro.

De acordo com um meio local, o CBN ordenou, na semana passada, os bancos comerciais a fecharem as três contas cuja propriedade é atribuída à empresa “TVS Hallmark Service Limited” e a dois indivíduos comuns cujos nomes são Nwaorgu Kingsley Chibuzor e Nnamdi Francis Okereke.

A circular que foi autenticada com a assinatura do Director de Supervisão Bancária, JY Mammanand, dizia o seguinte:

“Você está, por meio deste, direcionado a fechar contas de clientes bancários não listados e colocar os fundos nas contas em contas suspensas por se envolver em negociação de criptomoeda em violação da Circular CBN BSD / DIR / PUB / 014/001 datada de 5 de fevereiro de 2021.”

Ascensão da Nigéria no mercado cripto

Apesar da proibição do fornecimento de serviços criptos por parte das instituições financeiras, as transações de criptomoedas cresceram exponencialmente na Nigéria.

Dois meses após a proibição, ou seja, wm abril de 2021, as transações P2P (ponto a ponto) ganhou maior engajamento com a ajuda da Paxful, uma exchange de criptomoedas ponto a ponto. Na altura, vários relatórios apontaram que a Nigéria alcançou volumes de negócios muito altos.

Recentemente, a Finder, empresa australiana que se ocupa em medir o crescimento das criptomoedas em todo mundo através pesquisa feitas com 41.645 indivíduos de 22 países, anunciou que a Nigéria lidera com 24% a taxa de adopção e posse de criptomoedas em todo mundo.

O mesmo estudo mostra que as criptomoedas mais requisitadas são o Bitcoin que lidera a lista, a Ethereum que ocupa a segunda posição e Dogecoin. Outras criptomoedas como a Cardano, a Binance Coin têm pouca adesão na Nigéria.

Vale lembrar também que a nação africana lançou a sua moeda digital de banco central, o eNaira recentemente, consagrando-se desse jeito como a primeira de África a ter sua própria CBDC. 


LEIA TAMBÉM


Conheça o Wakanda Inu, o Token Meme de África

BNA: Kwanzas da Série 2012 Deixarão de Valer a Partir de 1 de Janeiro de 2022

Bitfarms Compra Instalação de Mineração de Criptomoedas de 24MW no Estado de Washington por US$26M (1,56 Bilhões de Kz)

%d bloggers like this: