Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

O que é Elrond? (EGLD) | Guia Completo

Elrond é um software que busca incentivar uma rede distribuída de computadores a executar uma plataforma de contrato inteligente que visa priorizar a escalabilidade e as baixas taxas de transação.

Dessa forma, o Elrond foi projetado para competir com as principais blockchains, como Ethereum Zilliqa, com o objetivo de expandir um ecossistema de aplicativos e criptomoedas descentralizados.

Para fazer isso, a Elrond emprega duas características únicas:

  • Sharding de Estado Adaptativo – O processo de divisão da infraestrutura Elrond para suportar mais transações e programas
  • Prova Segura de Participação (SPoS) – O mecanismo de consenso criado para sincronizar componentes de rede separados com uma razão comum

Além disso, os desenvolvedores usarão o Ambiente de Desenvolvimento Integrado Elrond para escrever e lançar programas personalizáveis que replicam bens e serviços em sua plataforma.

A Elrond é alimentada por sua criptomoeda nativa, a moeda EGLD, que é usada para interagir com aplicativos, enviar transações e incentivar atores que apoiam a rede.

Para atualizações mais regulares de sua equipe, você pode conferir o Elrond’s Blog, que lança atualizações categorizadas para usuários tecnologicamente ou economicamente curiosos.

Quem Criou a Moeda Elrond EGLD?

A Elrond foi fundada por Lucian Todea, Beniamin e Lucian Mincu em 2017 e é apoiada pela Elrond Network, uma empresa com sede em Malta dedicada à expansão do projeto.

Em junho de 2019, o projeto realizou uma rodada de investimento privado arrecadando US$ 1,9 milhões (1 bilhão de Kwanzas) de vários investidores anjo.

Nesse mesmo mês, a Elrond realizou uma Oferta Inicial de Câmbio (IEO) que arrecadou US$ 3,25 milhões(1.78 bilhões de Kwanzas) em troca de 25% de seu suprimento total de tokens.

Na época, a Elrond distribuiu sua criptomoeda como moeda ERD, mas, depois que o projeto lançou sua mainnet em julho de 2020, a Elrond mudou sua criptomoeda para moeda EGLD. O projeto então realizou um evento transitório que permitiu que seus investidores trocassem a ERD pela nova criptomoeda EGLD da Elrond.

Como Elrond Funciona?

A rede Elrond oferece muitos recursos comuns a outras redes de criptomoedas, como contratos inteligentes, liquidação de transações e emissão de tokens.

Os desenvolvedores podem usar linguagens de programação (como Rust, C e C++) para executar lógica de programação personalizada (contratos inteligentes) e projetar novos programas (aplicativos descentralizados) para oferecer uma variedade de produtos e serviços.

Exclusivo da Elrond são suas variações de design de fragmentação e prova de participação, ajudando a processar cerca de 12.500 transações por segundo.

Fragmentos

A fragmentação funciona dividindo a rede em pedaços, ou fragmentos, para que os nós processem apenas uma fração das transações da rede. Essa prática também é implementada em outras blockchains concorrentes, como Zilliqa e Polkadot.

O mecanismo de processamento de transações da Elrond é chamado de ‘Sharding de Estado Adaptativo’, onde os nós são divididos em subconjuntos para verificar transações. Uma vez que as transações são processadas, os fragmentos os transmitem para a metacadeia (o blockchain central da Elrond), onde serão liquidados.

Vale ressaltar que, a cada 24 horas, um terço dos nós que validam transações em cada fragmento são reorganizados para um novo fragmento, com a intenção de evitar conluio entre validadores em cada fragmento.

Prova Segura de Participação (SPoS)

Central para Elrond é o Secure Proof of Stake (SPoS), um mecanismo de governança de Proof of Stake que mantém a rede distribuída de computadores executando seu blockchain sincronizado.

Semelhante ao PoS tradicional, o SPoS é usado por computadores que executam o software Elrond para proteger a rede, validar transações e distribuir moedas EGLD recém-cunhadas.

No entanto, como a rede da Elrond consiste em fragmentos em vez de uma única cadeia, seu mecanismo de consenso SPoS é usado para selecionar nós validadores para produzir blocos dentro de um fragmento em vez de toda a rede.

Para alcançar a liquidação final, os validadores devem verificar o trabalho dos produtores de blocos e sincronizar com outros fragmentos dentro da rede. Uma vez que um lote de transações é anexado com sucesso ao blockchain Elrond, esses colaboradores são recompensados com tokens EGLD.

Por que o EGLD tem valor?

A criptomoeda da Elrond, EGLD, desempenha um papel fundamental na manutenção de sua rede e pode ser usada para enviar, recompensar colaboradores de rede e executar contratos inteligentes.

Ao possuir e apostar EGLD, os usuários ganham a capacidade de votar em atualizações de rede e são recompensados com EGL recém-cunhado, proporcional ao valor apostado.

A Elrond distribui 30% das taxas de transação aos autores de contratos inteligentes no que eles chamam de “royalezas de contrato inteligente”.

A Elrond também extrai 10% de todas as taxas de transação para recompensar os participantes da comunidade em eventos especiais, projetos de recompensa e desenvolvimento de rede.

Como muitas criptomoedas, o fornecimento de EGLD é limitado, o que significa que, de acordo com as regras do software, haverá apenas 20 milhões de EGLD.

Por que usar EGLD?

Os usuários podem achar o Elrond atraente com base em sua tentativa de criar uma plataforma escalável para aplicativos descentralizados

Além disso, os desenvolvedores podem achar a plataforma atraente pela capacidade de capturar uma parcela maior das taxas de transação dentro de seus aplicativos implantados.

Os investidores podem procurar comprar EGLD e adicioná-lo ao seu portfólio caso acreditem que o mercado favorecerá plataformas de aplicativos escaláveis.


LEIA TAMBÉM


Paquistão: Sites Que Negociam Criptomoedas Serão Bloqueados

Mercado NFT Registou 2,5 Bilhões de Dólares na Última Semana

%d bloggers like this: