Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

O que é Taxa Hash e Qual Sua Importância na Mineração do Bitcoin? – Tudo Que Você Precisa Saber

Com dias contados para o halving do bitcoin, nesse artigo falaremos de forma aprofundada sobre o que é uma taxa hash, sua importância, como a mesma afeta o custo de eletricidade e se valerá a pensa minerar em Angola após o halving.

O que é a taxa de hash?
Taxa de Hash – Um hash é a saída de uma função de hash e, no que se refere ao Bitcoin, a Taxa de Hash é a velocidade na qual um computador está concluindo uma operação no código da bitcoin. Uma taxa de hash mais alta é melhor na mineração, pois aumenta sua oportunidade de encontrar o próximo bloco e receber a recompensa.
Se você planeja minerar criptomoedas, é crucial saber o que é uma taxa de hash e seu significado. Ter um bom conhecimento da taxa de hash pode ajudá-lo a tomar as melhores decisões quando você está no negócio de mineração ou faz isso como um hobby.
Definição uma taxa de hash
Em termos simples, uma taxa de hash pode ser definida como a velocidade na qual uma determinada máquina de mineração opera. A mineração de criptomoedas envolve encontrar blocos através de cálculos complexos. Os blocos são como quebra-cabeças matemáticos. A máquina de mineração precisa fazer milhares ou até milhões de palpites por segundo para encontrar as respostas certas para resolver o bloco.
Em outras palavras, para minerar efetivamente um bloco, o mineiro deve fazer com que o hash do bloco fique abaixo ou igual ao “alvo”. O alvo altera a cada mudança de dificuldade. Para chegar a um determinado hash (ou alvo), o mineiro precisa variar alguns dos cabeçalhos do bloco, conhecidos como “nonce”.
Cada nonce começa com “0” e é aumentado toda vez para obter o hash (ou destino) necessário.
Dado que a variação do nonce é um jogo de sorte, as chances de obter um determinado hash (ou alvo) são muito baixas. O mineiro, portanto, tem que fazer inúmeras tentativas variando o nonce. O número de tentativas que o minerador faz por segundo é conhecido como taxa de hash ou potência de hash.
 
Como a taxa hash é medida?
A taxa de hash é calculada em hashes por segundo (h / s).
É semelhante as unidades de medida da capacidade de um dispositivo, como mega, giga e tera, as unidades de hashes também têm a mesma linha de pensamento. Por exemplo, uma máquina com uma velocidade de 60 hashes por segundo fará 60 tentativas por segundo ao tentar resolver um bloco. Kilohash (KH / s) é usado para 1.000 hashes, megahash (MH / s) para 1.000 quilos, terahash (TH / s) para 1.000 megahashes e petahash (PH / s) para 1.000 terahashes.
As várias máquinas usadas para minerar diferentes criptomoedas não possuem hashes iguais.
Por exemplo, uma máquina de mineração de bitcoin tem uma taxa de hash diferente da do ethereum. Isso pode ser definido pelos diferentes algoritmos usados pelas criptomoedas, pois eles não usam a mesma quantidade de memória e computação a serem mineradas.
A relação entre a taxa de hash, os lucros do mineiro e a dificuldade
A taxa de hash, os lucros do minerador e a dificuldade dependem um do outro de várias maneiras. Vamos pegar a bitcoin, por exemplo. Sempre que a dificuldade da rede Bitcoin aumenta, a taxa de hash aumenta e, consequentemente, o minerador ganha 12,5 BTC e as taxas de transação. O número de mineradores na rede Bitcoin aumenta a dificuldade, pois um minerador precisa calcular mais palpites por segundo.
O Impacto da Eletricidade na Rentabilidade
Para rentabilidade, vamos considerar o bitcoin. Atualmente, um dispositivo de mineração de bitcoin, como o ASIC, tem um poder de mineração de aproximadamente 12 terahashes por segundo. Depois de considerar a dificuldade de hoje, a máquina pode produzir 0,318 BTC por ano.
No entanto, ao calcular a lucratividade, é necessário considerar os custos de eletricidade relacionados ao equipamento de mineração. Isso é chamado de eficiência do mineiro.
Um aumento na dificuldade de minerar uma criptomoeda aumenta o custo da eletricidade. Por exemplo, uma máquina de mineração com uma taxa de hash 10% maior que a outra, mas com custos de eletricidade 50% mais altos é um desperdício e menos rentável.
Na Quarta-feira 13, acontecerá o halving do bitcoin, em que a recompensa do bitcoin cairá de 12.5 para 6.25 a cada 10 minutos, tornando o bitcoin mais difícil de ser minerado.
 
Vale a pena minerar em Angola depois do halving
A teoria acima se aplica na maioria dos países. Em Angola, porém, o custo de energia é relativamente baixo e vale a pena minerar no nosso país, mesmo após o halving. . Uma família de classe média em Angola, dependendo do tipo de energia que usa, não chega a pagar mais de $ 20 por mês.  Não entrarei em mais detalhes sobre o custo de energia, mas faça os cálculos e tire as suas próprias conclusões e me chame no privado.
E você, o que você pensa sobre os efeitos do halving no hash do bitcoin? Deixe a sua opinião abaixo nos comentários.

Escreva o seu comentário