Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

O que são Contratos Inteligentes? – Entenda os Smart Contracts

Contratos inteligentes ou smart contracts é um código de computador que simplifica a execução de determinados contratos e elimina a necessidade de um intermediário. O contrato inteligente e o blockchain são tecnologias relacionadas, já que o último é uma plataforma de contratos inteligentes. Em outras palavras, o contrato inteligente está dentro do blockchain.

Existem inúmeras aplicações de contratos inteligentes e vários casos de uso.

Os serviços de entrega podem estar entre os exemplos de contrato inteligente: um contrato inteligente pode transferir dinheiro automaticamente para um mensageiro assim que um pacote é entregue. Não há necessidade de assinar qualquer contrato tradicional – o remetente apenas preenche contratos inteligentes com criptomoeda e, em seguida, o contrato inteligente usa moedas (bitcoin e contrato inteligente podem ser um exemplo) para lidar com tudo.

Em outras palavras, um contrato inteligente executa o que está escrito em seu código quando certas condições são atendidas. Ele torna as transações transparentes, resistentes à fraude, mais rápidas e irreversíveis e não requer uma autoridade central. É apenas um código que ajuda duas partes a colaborar sem um intermediário.

A noção de smart contracts é falada há mais de 20 anos. Mas foi apenas com a chegada da tecnologia blockchain que ela teve a chance de ter uma utilização mais ampla. Nick Szabo foi a primeira pessoa a usar o termo “smart contracts”.

Smart contracts podem ser úteis para a troca de dinheiro, propriedade ou outros ativos, agilizando os processos de negócios e evitando esperas por aprovações, rastreando estoques, automatizando o pagamento de dividendos, controlando seus dados pessoais e até mesmo lutando contra o câncer. Eles podem ser usados ​​nos setores de finanças, energia, imobiliário, saúde, mídia, entretenimento e até mesmo no governo.

A demanda por contratos inteligentes deverá aumentar junto com o desenvolvimento da Internet das Coisas. Além disso, o contrato inteligente e o ICO são duas coisas intimamente relacionadas, visto que essa tecnologia é muito usada para facilitar as vendas de tokens.

Ainda assim, os contratos inteligentes estão apenas a dar os primeiros passos e ainda há muitos problemas a serem resolvidos, como a segurança dos contratos inteligentes. Considere um contrato inteligente que tem brechas de segurança óbvias, mas não pode ser corrigido rapidamente. Existem também questões mais fundamentais, como a regulamentação de tais contratos e questões jurídicas.

Os contratos inteligentes da blockchain Ethereum são os mais populares, muitas vezes usados para desenvolvimento de aplicações descentralizadas.

 

 

Leia também: O que é Ethereum e Como Funciona? – Guia Completo

Leia também: O que é Ether? A Moeda Usada na Rede Ethereum

Escreva o seu comentário

%d bloggers like this: