Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Ouro Supera Dólar nas Reservas Internacionais da Rússia

Pela primeira vez na sua história moderna, a Rússia tem mais ouro do que dólares americanos nas suas reservas internacionais, de acordo com o último relatório do banco central russo. O presidente, Vladimir Putin, fez da desdolarização a principal política do seu país para reduzir a exposição da economia russa ao dólar.

O ouro ultrapassou os 583 bilhões de dólares pela primeira vez nas reservas russas, de acordo com um relatório publicado esta semana pelo Banco da Rússia. O país tem empreendido um grande esforço para aumentar as suas reservas internacionais nos últimos anos.

Segundo o newsbitcoin, que cita o relatório do Banco Central russo, o ouro representava 23% das reservas do banco central em 30 de junho de 2020. A participação do dólar americano nas reservas caiu de 40% em 2018 para 22%. O euro representava cerca de um terço dos activos totais, seguido pelo ouro, que é agora o segundo maior componente. Cerca de 12% das reservas estão concentradas no yuan chinês.

O aumento do ouro nas reservas é estimulado pelo aumento de 26% no preço do ouro entre junho de 2019 e junho de 2020. O relatório também revela que o banco central russo comprou 4,3 bilhões de dólares em ouro no mesmo período.

A Rússia tornou-se no maior comprador de ouro do mundo após gastar mais de 40 bilhões de dólares na compra do metal preciso nos últimos cinco anos. O banco central disse que parou de comprar ouro no primeiro semestre do ano passado para encorajar mineradores e bancos a exportar mais e trazer moeda estrangeira ao país.

O Presidente russo, Vladimir Putin, transformou a desdolarização no principal objectivo da Rússia com vista a reduzir a exposição da sua economia ao dólar. O esforço de vários anos para reduzir a vulnerabilidade da Rússia às sanções dos EUA ocorre num período em que as relações entre as duas potências vão de mal a pior .


LEIA TAMBÉM


O Volume de Negociações de Criptomoedas na Bolsa de Valores da Suíça Bate Recorde de US $ 1,2 Bilhão

Assassinos Contratados na Rússia Aceitam Criptomoedas como Pagamento por Seus Serviços, Dizem os Investigadores

Escreva o seu comentário

%d bloggers like this: