Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Polícia Sul-Coreana Recupera 1.360 ETH Roubados de Uma Correctora em 2018

A polícia sul-coreana anunciou nesta terça-feira a recuperação de uma grande quantidade de Ethereum (ETH) roubado de uma correctora de criptomoedas em 2018, sem, no entanto, revelar se os suspeitos foram ou não detidos.

A apreensão de 1.360 ETH é o resultado de uma operação que durou três anos e envolveu 5 outros países. De acordo com a polícia, as vítimas terão de volta as suas criptomoedas.

Em 2018, uma correctora de criptomoedas foi invadida por hackers que roubaram cerca de 45 milhões de dólares em ETH. No roubo, os hackers levaram mais de 10 tipos de criptomoedas, dentre as quais Ethereum e Bitcoin.

O paradeiro de maior parte das criptomoedas roubadas ainda é desconhecido, mas a polícia sul-coreana continua à procura dos fundos roubados e do grupo de hackers por trás do roubo.

Hackers movimentaram os fundos para correctoras de vários países

Ethereum-criptomoedas-roubo-sul-coreana-coreano-hackers-correctora-polícia-eth

Segundo a polícia, desde 2018 os ladrões moveram os fundos de carteira em carteira para tentarem despistar as autoridades, mas recentemente mantiveram os fundos numa correctora latino-americana cujo nome não foi revelado.

Em declarações à imprensa, um oficial da polícia sul-coreana disse:

Confirmamos que um hacker estava tentar trocar as criptomoedas Ethereum roubadas por outras criptomoedas para lavar os fundos e despistar os investigadores.

Ethereum-criptomoedas-roubo-sul-coreana-coreano-hackers-correctora-polícia-eth

Ora, foi nesta correctora ainda de nome não revelado que, em parceira com algumas autoridades, supõe-se, de países latino-americanos, a polícia sul-coreana conseguiu recuperar os fundos em Ethereum.

A polícia observou também que a correctora em questão recusava-se a permitir que autoridades estrangeiras acessassem as suas carteiras sem provas firmes de que os fundos eram roubados.

Esta foi, de acordo com a polícia, a primeira vez que criptomoedas roubadas de uma empresa sul-coreana foi recuperada numa correctora no exterior do país.


LEIA TAMBÉM


Dinamarca Proíbe o Comércio de Criptomoedas no País

Paraguai Poderá ser o Segundo País da América Latina a Legalizar o Bitcoin

Escreva o seu comentário