Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Programador Francês Enviou Bitcoins Para Activistas Pró Trump que Participaram dos Protestos no Capitólio

Uma análise cripto-forense revela que um doador francês enviou mais de 500 mil dólares em bitcoins (BTC) aos activistas de extrema direita nos Estados Unidos um mês antes dos protestos. O meio milhão de dólares foi enviado aos grupos que participaram dos protestos pró-Trump e invadiram o Capitólio na semana passada.

Segundo o  Chainalysis, o doador não identificado enviou 28,15 bitcoins para diferentes endereços em apenas uma transação, a quantidade enviada é avaliada em 522.000 dólares, segundo o câmbio no momento da transferência, 6 de dezembro de 2020. De acordo com o relatório, muitas destas carteiras pertencem a personalidades ligadas a Extrema Direita nos EUA

O Yahoo News detalhou que a Vdare (organização anti-imigração), o Daily Stormer (site de direita) e Nick Fuentes (famoso activista de Extrema Direita nos EUA)  estavam entre os destinatários dos bitcoins. O extremista de Direita, Ethan Ralph, também está na lista publicada pela Chainalysis sobre a doação de meio milhão de dólares. Abaixo seguem os endereços para onde foram enviados os fundos:

Lista dos destinatários – Créditos: Chainalysis

A Chainalysis esclareceu que não há ainda evidências sobre a participação de Fuentes nos motins do Capitólio. Mas, citou as suas declarações anteriores, segundo as quais Fuentes pedia às pessoas que protestassem contra a certificação do Congresso da vitória de Joe Biden.

Em relação à identidade do doador francês, há informações de que a carteira utilizada para realizar os pagamentos está activa desde 2013. A Chainalysis sugere que ele pode ser um “adotante relativamente precoce do Bitcoin, cujos activos aumentaram significativamente em valor”.

Um dos endereços BTC associados à carteira do doador está registado no Nameid, um serviço que permite aos usuários associar a sua identidade online ao seu endereço BTC . A Chainalysis descobriu que o doador é um programador computacional francês após pesquisar o seu endereço de e-mail. Depois de enviar as doações, ele publicou o que parece ser uma nota de suicídio num blog pessoal. Abaixo segue a nota do doador:

Créditos: Chainalysis

Na nota ele diz, entre outros pontos, concluindo problemas de saúde, que “legou a [sua] fortuna a certas causas e certas pessoas” e cita vários pontos de discussão de Extrema Direita na sua análise actual do mundo. Por exemplo, ele diz que a civilização ocidental está em declínio e afirma que os ocidentais são encorajados a odiar os seus ancestrais e as suas heranças.

O doador cometeu suicídio

O portal francês 20 Minutes confirmou a morte de um programador de computador francês que parece ser o dono da carteira Bitcoin da qual as doações extremistas foram enviadas em dezembro, e o blog no qual a nota de suicídio que postamos acima foi publicada.

O repórter Philippe Berry falou com quem conhecia pessoalmente o doador, que confirmou a sua morte por suicídio em 8 de dezembro, bem como a autenticidade da nota e dos problemas de saúde nela mencionados. O repórter também encontrou uma versão em cache do obituário, incluindo informações sobre o enterro, que foi excluída.

De acordo com o Yahoo News, as autoridades americanas estão a investigar a transação e a tentar determinar se os distúrbios no Capitólio foram planeados. “Isto está a ser tratado como uma investigação de contraterrorismo ou contra-espionagem. Olhamos para tudo: dinheiro, comunicações, viagens ”, disse o promotor federal de Washington, Michael Sherwin nesta terça-feira.


LEIA TAMBÉM


Etoro Alerta os Clientes a se Prepararem Para a Suspensão de Pedidos de Compra de Criptomoedas Devido a uma ‘Demanda sem Precedentes’

Elon Musk Fez Mais Dinheiro que Jeff Bezos, Bill Gates, Bernard Arnault, Mark Zuckerberg e Warren Buffet Juntos em 2021!

Mineração de Bitcoin Chega ao Círculo Polar Ártico

Escreva o seu comentário