Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Quase Metade dos Proprietários de Criptomoeda Procuram Celebridades em Busca de Conselhos, Aponta Pesquisa

Uma proporção surpreendentemente grande de proprietários de criptomoeda relata que compraria um ativo cripto por ser endossado por uma celebridade ou influenciador.

Uma nova pesquisa revelou insights assustadores sobre a aparente disposição dos investidores de varejo em seguir os conselhos sobre ativos digitais das contas de celebridades e influenciadores em redes sociais.

De acordo com a pesquisa do Morning Consultant nos EUA, 45% dos entrevistados com criptomoedas indicaram que provavelmente buscariam exposição a um ativo digital se fosse endossado por uma celebridade.

Pesquisa-estudoPesquisa-estudo-Pesquisa-estudo-celePesquisa-estudo-celebridades-Pesquisa-estudo-celebridades-cobselhos-criptomoedas-bitcoin-Mornin-gConsultant--eua

Quase 20% de todos os entrevistados e quase um terço dos proprietários de criptomoeda disseram estar cientes de uma postagem publicada na conta do Instagram de Kim Kardashian espalhando o token ERC-20 Ethereum Max (EMAX) no início de Junho. Surpreendentes 19% dos entrevistados que viram o anúncio no Instagram admitiram ter investido no Ethereum Max depois.

A postagem e o projeto foram envolvidos em polêmica desde então. O preço da EMAX teve um crescimento meteórico depois de ser anunciado em 26 de maio como “a criptomoeda exclusiva aceita para compra de ingressos online” para a luta de boxe entre o invicto boxeador Floyd Mayweather e YouTuber Logan Paul em 6 de junho.

Depois que Ethereum Max derramou mais de 99% de seu valor em menos de duas semanas, Kardashian publicou o anúncio em 13 de junho para seus 250 milhões de seguidores, destacando que 50% dos tokens EMAX mantidos pela carteira do administrador do projeto haviam sido queimados.

Enquanto o token estava sendo negociado por tão baixo quanto $ 0,000000076 antes da postagem do Instragram entrar no ar de acordo com a CoinMarketCap, a EMAX subiu para $ 0,000000235 em 14 de junho – um ganho de 3.000% em menos de dois dias.

O incidente não passou despercebido pelos reguladores financeiros, com o chefe da Autoridade de Conduta Financeira do Reino Unido, Charles Randell, descrevendo o post de Kardashian no Instagram como possivelmente a única “promoção financeira com o maior alcance de público da história”. 

“Não posso dizer se este token específico [Ethereum Max] é uma farsa. Mas os influenciadores da mídia social são rotineiramente pagos por golpistas para ajudá-los a bombear e descartar novos tokens por pura especulação. Alguns influenciadores promovem moedas que simplesmente não existem.”

Charles Randell

Kim Kardashian não é a primeira celebridade a atrair a ira dos reguladores financeiros por promover ativos criptográficos para seus seguidores nas redes sociais.

Em 2018, a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos acusou Floyd Mayweather e o músico DJ Khaled de promoverem ilegalmente a oferta inicial de moedas do Centra (ICO) no ano anterior.

Embora a SEC tenha alertado as celebridades de que elas devem divulgar promoções pagas para ICOs nas redes sociais, muitas celebridades agora estão espalhando seus próprios tokens não fungíveis em meio ao boom do NFT.

Será que você também faria o mesmo que estes entrevistados? Deixa a sua resposta nos comentários


LEIA TAMBÉM


Tupuca Pretende Facilitar a Forma de Levantar Dinheiro e Cria o “Tem Kumbu”

Novo Estudo Estima Que Emissões Globais de Carbono Em 2030 e Consumo de Energia Envolvidos Na Mineração de Bitcoins Continuarão Insignificantes