Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Quênia: NCBA Bank Envia Alerta Contra as Criptomoedas

O banco queniano NCBA Bank alertou os clientes envolvidos com criptomoedas para ficarem mais atentos aos riscos que elas representam por não serem negociadas em exchanges totalamente certificadas.

Os avisos foram enviados para os clientes que aparentemente utilizaram os seus cartões de crédito e débito para comprar criptomoedas em algumas exchanges.

Ncba-banco-queniano-Criptomoedas-clientes-bitcoin-Quênia

Segundo um anúncio local, o NCBA Bank começou a aconselhar os clientes para não comprar, manter ou negociar em criptomoedas.

De acordo com a circular nº 14 de 2015 do Banco Central do Quênia (CBK), as criptomoedas não têm curso legal no Quénia. Portanto, não existe protecção para você, como nosso cliente, no caso de a plataforma de manutenção ou negociação de criptomoedas falhar ou fechar.

Disse o banco em um alerta.

Riscos do comércio de Criptomoedas no Quênia

O NCBA Bank observou que as transações em criptomoedas são amplamente impossíveis de rastrear, o que permite a facilidade de uso aos criminosos.

Do mesmo modo, o banco disse que as criptomoedas são negociadas em exchanges que não são devidamente regulamentadas, o que pode fazer com que os consumidores percam todos os seus fundos no caso das exchanges falharem ou fecharem.

Acredita-se que esta posição do banco seja resultado das circulares emitadas em 2015 e 2018, pelo banco central do Quênia, nas quais o CBK proibiu todos os outros bancos de realizarem negociações em criptomoedas.

Apesar de todas restrições, a adopção de criptomoedas continua a crescer no Quênia e, segundo alguns relatórios, o país agora tem o segundo maior volume de comércio entre países do continente africano. 


LEIA TAMBÉM


Autoridades Chinesas Prendem Mais de 1.000 Comerciantes de Criptomoedas Por Suspeita de Lavagem de Dinheiro

Comunidade da África Oriental Pretende Estudar o Potencial de Uma CBDC Como Sistema Alternativo de Pagamento Regional