Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

República Democrática do Laos Legaliza Mineração de Criptomoedas

A República Democrática Popular do Laos, um país da Ásia legalizou a mineração e o comércio dcriptomoedas para atrair mais lucros ao país e dar melhor uso a electricidade produzida em Laos.

David Tuck, parceiro da empresa Bangkok da Lyriant Advisory, uma consultoria de inteligência de negócios, comentou sobre a iniciativa do Laos

“O Laos tem muita capacidade de geração de energia e não há muita demanda doméstica por essa energia. Como você sabe, um dos requisitos mais importantes para a mineração de criptografia é uma grande quantidade de energia.”

No mês passado, o governo de Laos emitiu um alerta contra o uso das criptomoedas. Esta nova política sugera alguma mudança de postura do governo Laosiano

Agora, de acordo com um meio local, o gabinete do primeiro-ministro informou que seis empresas, incluindo grupos de construção e um banco local, podem a partir de agora minerar e trocar Bitcoin, Ethereum e Litecoin. Nomeadamente estas são;

  • Wap Data Technology Laos,
  • Phongsubthavy Road & Bridge,
  • Construction Co,
  • Sisaket Construction Company Limited,
  • Boupha Road-Bridge Design Survey Co. Ltd,
  • Joint Development Bank
  • Phousy Group.

Segundo o portal, os ministérios do país junto com o Banco Central do Laos e a empresa nacional de eletricidade, estão a trabalhar para regular o sector. 

Os resultados desta parceria será apresentado possívelmente entre os dias 16 e 17 de setembro quando o regulamento já estiver totalmente elaborado.

Continua a repressão na China, outro pais asiático

A República Popular da China, era o país lider em mineração de criptomoedas. Entretanto, desde o mês de maio, o governo chinês tem se esforçado para impedir completamente a actividade dentro do país.

Neste mês o governo chines direcionou o seu foco para os mineradores e instalações secretas.

O governo intensificou as inspeções em várias províncias chinesas, para localizar as actividades ilegais de mineração em faculdades, instituições de pesquisa e centros de dados, informou a Bloomberg


LEIA TAMBÉM


Vitalik Buterin: Uma das 100 Pessoas Mais Influentes do Mundo do ano de 2021 de Acordo com a revista Time

Protestos Intensificam-se em El Salvador por Causa da legalização do Bitcoin

%d bloggers like this: