Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Ripple Espera que Joe Biden Melhore a Regulamentação das Criptomoedas

A Ripple Labs espera que a administração Biden traga mudanças regulatórias que possam ser mais favoráveis à empresa. A empresa já enfrentou uma acção judicial da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC), sob a administração de Donald Trump por conta da XRP. Tanto o CEO da Ripple, Brad Garlinghouse, quanto seu cofundador, Chris Larsen, criticaram a regulamentação da SEC mesmo antes do processo.

Em 19 de janeiro deste ano, a Ripple publicou um artigo no seu blog no qual observava que a administração de Joe Biden provavelmente traria uma visão melhorada sobre a regulamentação e execução no sector das criptomoedas.

Segundo o conselho geral da Ripple, Biden tornará a regulamentação das criptomoedas uma prioridade máxima nos próximos quatro anos. Segundo o conselho, o novo governo percebe as implicações para a inovação nos setores público e privado. Isso poderia resultar numa estrutura unificada e num processo de inscrição simplificado para as empresas de fintech que buscam licenças de criptomoedas.

Regulamentos inteligentes e bem elaborados comunicados de forma eficaz e uniformemente aplicados podem ajudar a nivelar o campo de actuação e desencadear a inovação e adopção mais ampla aqui nos Estados Unidos.

Conselho da Ripple – Via blog

Alguns países ocidentais e orientais estão mais avançados que os EUA em matéria de regulamentação

De acordo com Ripple, como as criptomoedas estão a ganhar terreno na consciência popular, os países do G20 não têm escolha a não ser incluir estas tecnologias nas suas listas de prioridades regulatórias financeiras. O Conselho seguiu dizendo:

Como vimos, a falta de uma estrutura regulatória clara nos últimos quatro anos nos Estados Unidos, especialmente, deixou os players de fintech e blockchain num estado de limbo. Outros países como o Reino Unido, Suíça, Cingapura e Japão estão quilômetros à frente.

Conselho da Ripple – Via blog

A Ripple enfrenta actualmente uma acção judicial desencadeada pela SEC a partir de dezembro de 2020, segunda a qual a empresa estava a vender tokens XRP em desacordo com as leis da Comissão de Valores e Mobiliários dos EUA. O prei-julgamento virtual do processo está agendado para o dia 22 de fevereiro deste ano.


LEIA TAMBÉM


A Polícia do Irão Apreendeu 45.000 Mineiros de Bitcoin por uso ilegal de Eletricidade Subsidiada Pelo Governo

Paypal Ganhará 2 Bilhões de Dólares em Receitas Com o Negócio do Bitcoin

Escreva o seu comentário

%d bloggers like this: