Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Turquia: Pesquisas Sobre Bitcoin no Google Cresce em Meio a Proibição Vigente

O Google registou uma alta procura pela expressão “Bitcoin” na Turquia, atingindo um novo recorde histórico em meio a proibição dos pagamentos envolvendo a criptomoeda no país.

Há poucos dias, o governo turco proibiu o uso de criptomoedas para pagamentos no país, argumentando estar preocupado com a segurança dos fundos dos usuários.

A proibição do uso do Bitcoin em pagamentos, entretanto, parece ter criado um efeito oposto aos interesses do Estado. Pois, o interesse pelas criptomoeda aumentou no país.

Criptomoedas-bitcoin-Turquia-Nigeria-Banco-central-da-turquia-proibição
Gráfico sobre buscas por BTC na Turquia

Aumenta o interesse em criptomoedas

A Turquia não é o primeiro país a proibir o uso de criptomoedas. Outros países, como a Nigéria, fizeram o mesmo recentemente e, tal como na Turquia, o interesse pelas criptomoedas e, sobretudo, pelo Bitcoin cresceu.

No caso da Nigéria, após a proibição do uso do Bitcoin, o número de cidadãos a transaccionarem o activo digital, assim como o volume de transacções das criptomoedas em geral cresceu surpreendentemente.

Em consequência, os reguladores nigerianos já buscam políticas de regulamentação do uso das criptomoedas de modo que este mercado também possa positivamente beneficiar as finanças do país.

A Turquia parece estar a caminhar no mesmo sentido, pois o Banco Central do país já anúnciou que poderá disponibilizar o regulamento do uso destes activos digitais dentro de duas semanas.


LEIA TAMBÉM


Turquia Poderá Apresentar a Sua Regulamentação Para as Criptomoedas Dentro de Duas Semanas

Tether (USDT) Foi Listada na Coinbase Pro