Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

YouTube Baniu o Canal do Bitcoin.com Por ‘basicamente sem motivo’, diz Roger Ver

O YouTube encerrou o canal oficial do site Bitcoin.com focado em notícias de criptomoedas por “uma violação dos Termos de Serviço do YouTube”. O presidente executivo do Bitcoin.com, Roger Ver, disse à Cointelegraph, que o YouTube os notificou sobre a proibição por volta das 02:17 de 13 de junho. A conta tinha mais de 40 mil assinantes no momento em que foi suspensa.

O Bitcoin.com enviou um apelo ao YouTube dentro de “algumas horas”. Dois dias depois, às 8h59 de 15 de junho, o YouTube notificou o Bitcoin.com que seu canal não havia sido terminado.
No entanto, como Ver disse, “menos de 30 minutos depois, alguém denunciou nosso canal falsamente por uma reivindicação de direitos autorais de um vídeo que está online há mais de três anos”. De acordo com uma captura de tela compartilhada por Ver, o vídeo em questão foi intitulado “A lenta criminalização das transferências peer to peer”, enquanto a reivindicação foi reprovada pelo ONErpm.
Ver acrescentou que o incidente levou o Bitcoin.com a recorrer a plataformas alternativas: “Esta é uma dor de cabeça em andamento, e nos deixa ainda mais ansiosos para apoiar plataformas resistentes à censura como memo.cash e lbry.tv”. De acordo com um comunicado do presidente executivo do Bitcoin.com, Roger Ver, enviado ao Reddit hoje cedo, a conta foi encerrada por “basicamente sem motivo”. Ele sugeriu que isso poderia ter sido relatado pelos maximalistas do Bitcoin (Verr foi um defensor vocal do Bitcoin Cash (BCH), criticando o Bitcoin por se tornar “uma reserva de valor”): “Suspeito que provavelmente um monte de esses maximalistas anticoncorrenciais do Bitcoin Core relataram falsamente o vídeo dizendo ‘É uma farsa Bit [coin] Cash!’ ou alguma parvoíce como essa. ” Ver acrescentou que, independentemente de a conta do YouTube ser restabelecida, “parece ser o momento certo para começar a explorar outras opções”, como lbry.tv, Dtube e BitChute. Ele observou que ainda precisa aprender mais sobre eles, pedindo ao público que pondere e sugira alternativas viáveis.
O Youtube tem travado uma luta de braço de ferro contra os canais relacionados às criptomoedas, existem rumores de que o mesmo pensa criar a sua própria criptomoeda e quer eliminar a concorrência.

Escreva o seu comentário